JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número Atual: V25

Editorial

Métricas de avaliação em ciência: estado atual e perspectivas

Evaluation metrics in science: current status and prospects

Lilian Nassi-Calò

Protagonismo da Enfermagem nas Metas da ONU para a saúde dos povos

Nursing Protagonism in the UN Goals for the people’s health

Isabel Amélia Costa Mendes, Carla Aparecida Arena Ventura

Artigos Originais

Fatores associados à aquisição de Enterobactérias resistentes aos carbapenêmicos

Factors associated with acquisition of carbapenem-resistant Enterobacteriaceae

Lilian Silva Lavagnoli, Bil Randerson Bassetti, Thais Dias Lemos Kaiser, Kátia Maria Kutz, Crispim Cerutti Junior

Objetivo: identificar possíveis fatores de risco para a aquisição de cepas de Enterobactérias com marcador de resistência a carbapenem. Métodos: estudo caso-controle exploratório realizado em instituições hospitalares. A amostra do estudo consistiu de pacientes com espécimes biológicos positivos para Enterobactérias resistentes aos carbapenêmicos (casos) por teste de difusão em disco e Etest e controles com amostras biológicas negativas para Enterobactérias resistentes aos carbapenêmicos. No total, foram incluídos 65 pacientes: 13 (20%) casos e 52 (80%) controles. Resultados: os microrganismos isolados foram Serratia marcescens (6), Klebsiella pneumoniae (4) e Enterobacter cloacae (3). A análise univariada revelou que o tempo de internação antes da coleta da amostra (p=0,002) e o procedimento cirúrgico (p=0,006) foram estatisticamente significantes. No modelo de regressão logística multivariável, ambos foram ainda significativos, com odds ratios de 0,93 (p=0,009; IC 95%: 0,89 a 0,98) para o período de hospitalização antes da coleta da amostra e 9,28 (p=0,05; IC 95%: 1,01 a 85,14) para o procedimento cirúrgico. Conclusão: tempo de internação mais curto e maior vigilância de pacientes submetidos a cirurgia podem desempenhar um papel decisivo na redução da disseminação de microrganismos resistentes aos carbapenêmicos em instituições hospitalares.

Construção e validação de material educativo para prevenção de síndrome metabólica em adolescentes

Construction and validation of educational materials for the prevention of metabolic syndrome in adolescents

Ionara Holanda de Moura, Antônia Fabiana Rodrigues da Silva, Aparecida do Espírito Santo de Holanda Rocha, Luisa Helena de Oliveira Lima, Thereza Maria Magalhães Moreira, Ana Roberta Vilarouca da Silva

Objetivo: construir e validar tecnologia educativa voltada para prevenção de síndrome metabólica entre adolescentes. Método: pesquisa metodológica em que, inicialmente, por meio de revisão integrativa, foram analisadas as publicações disponíveis sobre a temática. Em seguida, utilizou-se tal conhecimento para construção do conteúdo teórico abordado e, com auxílio de designer gráfico, foi elaborada a arte e diagramação das páginas. Na terceira fase, validação do material construído, 21 especialistas e 39 adolescentes avaliaram a cartilha. Para a coleta de dados, foram utilizados três questionários distintos, de acordo com o foco de avaliação de cada grupo de participantes, analisados quanto à confiabilidade (alpha de Cronbach) e concordância (coeficiente de correlação intraclasse). Resultados: a média dos escores atribuídos pelos juízes de conteúdo e técnicos foi de 91,7%, e o Índice de Validade de Conteúdo global, mensurado por meio das respostas dos juízes em design, foi de 0,98, ambos com confiabilidade da escala e concordância das respostas altas. Além disso, o nível de concordância das respostas positivas dadas pelos adolescentes foi de 88,4%. Conclusão: a cartilha educativa mostrou-se instrumento válido e confiável para ser utilizada a fim de promover a saúde dos adolescentes.

Identificação de intervenções de enfermagem associadas à acurácia dos diagnósticos de enfermagem para pacientes com cirrose hepática

Identifying nursing interventions associated with the accuracy used nursing diagnoses for patients with liver cirrhosis

Fernanda Raphael Escobar Gimenes, Ana Paula Gobbo Motta, Patrícia Costa dos Santos da Silva, Ana Flora Fogaça Gobbo, Elisabeth Atila, Emilia Campos de Carvalho

Objetivo: identificar as intervenções de enfermagem associadas aos diagnósticos de enfermagem mais acurados e mais frequentemente utilizados da NANDA International, Inc. (NANDA-I) para pacientes com cirrose hepática. Método: estudo descritivo, quantitativo e transversal. Resultados: no total, 12 diagnósticos de enfermagem foram avaliados, dos quais sete demonstraram alto grau de acurácia (IVC ≥ 0.8); 70 intervenções foram identificadas e 23 (32.86%) eram comuns a mais de um diagnóstico. Conclusão: em geral, os enfermeiros muitas vezes executam intervenções de enfermagem sugeridas na NIC para os sete diagnósticos de enfermagem de alta acurácia identificados neste estudo para cuidar de pacientes com cirrose hepática. Diagnósticos de enfermagem acurados e válidos dirigem a seleção de intervenções apropriadas que os enfermeiros podem desempenhar para reforçar a segurança do paciente e assim melhorar os resultados de saúde dos pacientes.

Maus-tratos no ambiente familiar contra idosos nas Ilhas dos Açores

Elder abuse within the family environment in the Azores Islands

Juan Manuel Carmona-Torres, Rosa María Carvalhal-Silva, Maria Helena Viera-Mendes, Beatriz Recio-Andrade, Thomas Goergen, María Aurora Rodríguez-Borrego

Objetivos: dimensionar os maus-tratos contra as pessoas idosas vulneráveis no ambiente familiar e comunitário nas Ilhas dos Açores, identificar fatores de risco para maus-tratos e definir o perfil do idoso maltratado. Método: estudo descritivo transversal. Amostragem aleatória. Os instrumentos utilizados foram: prontuários dos usuários, Mini Exame do Estado Mental, teste de autonomia para as Atividades Básicas da Vida Diária, Escala APGAR Familiar, Índice de Suspeição de Abuso no Idoso e Formulário de Avaliação de Trabalho Social. Análise estatística descritiva foi usada para as variáveis qualitativas e quantitativas e regressão logística múltipla foi usada para identificar os fatores associados aos maus-tratos. Resultados: suspeita de maus-tratos foi identificada em 24,5% dos idosos participantes. O abuso psicológico foi o tipo de maus-tratos mais comum e os responsáveis por esses maus-tratos foram principalmente os filhos. Conclusão: ser mulher e pertencer a uma família disfuncional está associado com uma maior probabilidade de sofrer maus-tratos; o alto nível de violência doméstica contra os idosos nas Ilhas dos Açores segue o mesmo padrão do resto de Portugal.

Impacto do uso da imunoglobulina palivizumabe no Estado de São Paulo: estudo de coorte

Impact of the use of immunoglobulin palivizumab in the State of São Paulo: a cohort study

Ivana Regina Gonçalves, Marli Teresinha Cassamassimo Duarte, Helio Rubens de Carvalho Nunes, Rubia de Aguiar Alencar, Cristina Maria Garcia de Lima Parada

Introdução: o uso da palivizumabe como profilaxia do vírus sincicial respiratório não é consenso. No Brasil, constitui programa de saúde pública, mas outros países não a consideram custo-efetiva. Objetivo: identificar a taxa de hospitalização em Unidade de Terapia Intensiva por doença ou sintomatologia respiratória entre crianças que receberam imunoglobulina palivizumabe, a proporção de crianças que falharam na tomada de alguma das doses indicadas e o impacto dessa falha na hospitalização. Método: estudo de coorte, incluídas 693 crianças inscritas no programa em 2014 (85,1% da população), com seguimento mensal de abril a setembro, por ligação telefônica às mães/responsáveis. A chance de hospitalização, em Unidade de Terapia Intensiva, em função da falha, foi avaliada por regressão logística múltipla, adotando-se p crítico <0,05. Resultados: a taxa de hospitalização foi de 18,2%; não receberam todas as doses da imunoglobulina 2,3% das crianças; a chance de hospitalização por doença ou sintomatologia respiratória aumentou, em média, 29% a cada falha na tomada de alguma dose (p=0,007; OR=1,29, IC=1,07-1,56). Conclusão: o aumento da chance de hospitalização na vigência de falha na tomada de alguma dose da imunoglobulina indica a necessidade de implementação de ações de educação em saúde e busca ativa de crianças faltosas pelos serviços de saúde.

Estudo comparativo sobre representações da autonomia profissional elaboradas por estudantes de enfermagem iniciantes e concluintes

Comparative study of representations of professional autonomy produced by first and last-period undergraduate nursing students

Érick Igor dos Santos, Antonio Marcos Tosoli Gomes, Sergio Corrêa Marques, Raquel de Souza Ramos, Aline Cerqueira Santos Santana da Silva, Francimar Tinoco de Oliveira

Objetivo: comparar as representações sociais da autonomia profissional do enfermeiro, elaboradas por estudantes de graduação em enfermagem do primeiro e do último período. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, delineado a partir das representações sociais em abordagem estrutural pela Teoria do Núcleo Central, realizado com 171 estudantes de três universidades públicas federais, mediante técnica de evocações livres, com o termo indutor “autonomia profissional do enfermeiro”. Os dados foram submetidos ao software EVOC 2005 e à análise de similitude. Resultados: o cuidado figurou o núcleo central da estrutura representacional identificada entre os estudantes do primeiro período. Já entre os do último, o conhecimento destacou-se enquanto qualidade de elemento nuclear. Comum a ambos os núcleos centrais, identificou-se o termo responsabilidade. Conclusão: no tocante à autonomia, conclui-se haver, durante o curso de graduação, processo de sobreposição do universo reificado sobre o consensual, no entanto, o encargo inerente à profissão se mantém transversal. Para os alunos do primeiro período a autonomia é ressignificada de forma prática e atitudinal, enquanto que, para os do último período, a aquisição do saber os incentiva a atribuir sentido à autonomia profissional, com representação cognitiva e atitudinal. Os dados podem subsidiar a condução de práticas de ensino inovadoras na graduação em enfermagem.

Adaptação transcultural para o Brasil do módulo on-line DocCom: comunicação para o trabalho em equipe

Brazilian cross-cultural adaptation of the DocCom online module: communication for teamwork

Tatiane Angélica Phelipini Borges, Marli Terezinha Oliveira Vannuchi, Suely Grosseman, Alberto Durán González

Objetivo: realizar a adaptação transcultural para o português no contexto brasileiro do módulo 38 on-line DocCom, que versa sobre comunicação para o trabalho em equipe. Método: a tradução e adaptação transcultural foram realizadas por meio de traduções iniciais, síntese das traduções, avaliação e síntese por um comitê de especialistas, análise dos tradutores e retrotradução, pré-teste com enfermeiros e estudantes de graduação em enfermagem, e análise dos tradutores para obtenção do material final. Resultados: na avaliação e síntese do comitê de especialistas da versão traduzida com a versão original, os itens obtiveram concordância superior a 80%. Na análise dos participantes do pré-teste foram sugeridas poucas modificações. A versão final mostrou-se adequada ao contexto proposto e à sua finalidade. Conclusão: acredita-se que, ao disponibilizar essa nova estratégia de ensino-aprendizagem de habilidades e competências da comunicação, para o trabalho em equipe, ela possa ser empregada de forma sistemática em cursos de graduação e pós-graduação da área da saúde, no Brasil, de modo a contribuir para formação dos profissionais e, também, avançar nesse campo.

Aplicando o modelo RE-AIM para a promoção da atividade física em países de baixa e média renda

Applying the RE-AIM conceptual framework for the promotion of physical activity in low- and middle-income countries

Rebecca E. Lee, Karla I. Galavíz, Erica G. Soltero, Jose Rosales Chavez, Edtna Jauregui, Lucie Lévesque, Luis Ortiz Hernández, Juan Lopez y Taylor, Paul A. Estabrooks

Objetivo: o modelo RE-AIM tem sido amplamente utilizado para avaliar a validade interna e externa de intervenções que objetivam promover atividade física, auxiliando a fornecer uma avaliação abrangente do alcance, eficácia, adoção, implementação e manutenção de pesquisas e programas. Apesar deste progresso, o modelo RE-AIM não tem sido amplamente utilizado na América Latina. O objetivo deste artigo é descrever o modelo RE-AIM, o processo e os materiais desenvolvidos para uma oficina de um dia de duração em Guadalajara e a aceitabilidade e satisfação dos participantes que compareceram na oficina. Métodos: durante o período de três meses, palestras e exercícios interativos foram desenvolvidos para uma oficina de um dia sobre o modelo RE-AIM. Resultados: trinta e dois profissionais de saúde (Média de idade=30,6±9,9 anos) participaram da oficina. A maioria dos participantes classificou a oficina como credível (100%), útil (100%) e pretende aplicar o que foi aprendido em investigações atuais ou futuras (95%). Conclusão: os resultados sugerem que o modelo RE-AIM é um recurso intuitivo e fornecem uma estratégia para a apresentação da utilidade e aplicação prática do modelo em cenários práticos no México e na América Latina.

Adaptação transcultural e validação de conteúdo e semântica do Difficult Intravenous Access Score para uso pediátrico no Brasil

Cross-cultural adaptation and content and semantic validation of the Difficult Intravenous Access Score for pediatric use in Brazil

Márcia Helena de Souza Freire, Cristina Arreguy-Sena, Paula Christina de Souza Müller

Objetivo: apresentar a adaptação transcultural e validação de conteúdo e semântica do Difficult Intravenous Access Score para uso corrente no Brasil. Método: pesquisa delineada na adaptação transcultural e validação, estruturada em seis etapas: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, avaliação da documentação por comitê de juízes especialistas, pré-teste e apresentação da documentação aos juízes especialistas e ao autor do instrumento original. Foram recrutados aleatoriamente 20 profissionais de saúde de uma instituição hospitalar pública do Sul do País, atuantes em pediatria, para avaliar o nível de concordância com as variáveis do instrumento, e, por conveniência, 30 pacientes pediátricos para validação de face do instrumento. Utilizou-se o coeficiente alfa de Cronbach, frequência simples e percentual, testes de Shapiro-Wilk e exato de Fisher, para análise dos dados e mensuração da confiabilidade. Resultados: as etapas da adaptação transcultural foram desenvolvidas com plena clareza das variáveis traduzidas, demonstrando resultados satisfatórios no processo de validação de conteúdo e semântica. Conclusões: o Difficult Intravenous Access Score foi adaptado transculturalmente e validado em seu conteúdo e semântica. Consideram-se necessárias análises de validade clínica externa, da equivalência de mensuração e da reprodutibilidade.

Dimensionamento dos procedimentos dolorosos e intervenções para alívio da dor aguda em prematuros

Dimensioning of painful procedures and interventions for acute pain relief in premature infants

Deise Petean Bonutti, Mariana Firmino Daré, Thaíla Corrêa Castral, Adriana Moraes Leite, Joselaine Aparecida Vici-Maia, Carmen Gracinda Silvan Scochi

Objetivo: dimensionar a exposição de prematuros a procedimentos dolorosos, relacionando a distribuição da exposição aos fatores contextuais, bem como descrever as intervenções, farmacológicas e não farmacológicas, utilizadas pelos profissionais de saúde durante as primeiras duas semanas de internação do prematuro, em duas unidades neonatais. Método: estudo descritivo-exploratório, no qual foram registrados os procedimentos dolorosos e intervenções para alívio da dor em formulário específico no prontuário, pelos profissionais. Resultados: os 89 prematuros tiveram média diária de 5,37 procedimentos dolorosos, sendo essa média de 6,56 na primeira semana de internação e 4,18 na segunda (p&lt;0,0001). Os procedimentos mais frequentes foram as aspirações nasal/oral (35,85%) e traqueal (17,17%). Aqueles em ventilação invasiva foram os mais expostos a procedimentos dolorosos (71,2%). Apenas 44,9% dos procedimentos dolorosos receberam alguma intervenção para o alívio da dor, sendo as mais utilizadas a sacarose (78,21%) e a analgesia contínua (19,82%). Conclusão: constata-se o subtratamento da dor aguda nessas unidades neonatais, recomendando-se maior sensibilização da equipe para o uso efetivo do protocolo existente e a implantação de outras estratégias de transferências de conhecimento, para aprimorar o manejo da dor neonatal.

Avaliação e manejo da dor em recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: estudo transversal

Assessment and management of pain in newborns hospitalized in a Neonatal Intensive Care Unit: a cross-sectional study

Natália Pinheiro Braga Sposito, Lisabelle Mariano Rossato, Mariana Bueno, Amélia Fumiko Kimura, Taine Costa, Danila Maria Batista Guedes

Objetivo: determinar a frequência de dor e verificar as medidas realizadas para seu alívio durante os sete primeiros dias de internação na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, bem como identificar o tipo e frequência de procedimentos invasivos aos quais os recém-nascidos foram submetidos. Método: estudo retrospectivo transversal. Das 188 internações ocorridas no período estipulado de 12 meses, 171 foram incluídas na pesquisa. Os dados foram coletados a partir dos prontuários e a presença de dor foi analisada tanto com base na escala de dor Neonatal Infant Pain Scale quanto mediante anotação de enfermagem sugestiva de dor. Para análise estatística, utilizou-se o programa Statistical Package for the Social Sciences, adotando-se nível de significância de 5%. Resultados: em 50,3% das internações houve ao menos um registro de dor, conforme escala de dor adotada ou anotação de enfermagem. Os recém-nascidos foram submetidos à média de 6,6 procedimentos invasivos por dia. Apenas 32,5% dos registros de dor resultaram na adoção de condutas farmacológicas ou não farmacológicas para seu alívio. Conclusão: observa-se que os recém-nascidos são frequentemente expostos à dor e a baixa frequência de intervenções farmacológicas ou não farmacológicas reforça o subtratamento dessa condição.

Protótipo de escala informatizada para busca ativa de potenciais doadores de órgãos

Prototype of a computerized scale for the active search for potential organ donors

Érika Fernanda dos Santos Bezerra Ludwig, Marta Cristiane Alves Pereira, Yolanda Dora Évora Martinez, Karina Dal Sasso Mendes, Mariana Angela Rossaneis

Objetivo: desenvolver protótipo de escala informatizada para busca ativa de potenciais doadores de órgãos e tecidos. Método: pesquisa metodológica, com análise de 377 prontuários eletrônicos de pacientes que evoluíram a óbito, por morte encefálica, ou parada cardiorrespiratória, nas unidades de terapia intensiva de hospital terciário. Nos óbitos por parada cardiorrespiratória, buscou-se identificar fatores que indicassem subnotificação de morte encefálica. Nos protocolos, foram aplicados os índices de gravidade Acute Physiology and Chronic Health Evaluation II e Sepsis Related Organ Failure Assessment. A partir disso, construiu-se a escala que foi encaminhada a cinco especialistas, para avaliação de conteúdo, e, posteriormente, foi informatizada por modelo de prototipação. Resultados: foram identificadas 34 subnotificações de morte encefálica nos prontuários dos casos de parada cardiorrespiratória. O teste de Wilcoxon demonstrou diferença estatisticamente significativa entre os escores de admissão em unidade de terapia intensiva e abertura do protocolo de morte encefálica, para ambos os índices de gravidade. Conclusão: o protótipo foi efetivo para identificação de potenciais doadores, bem como o grau de disfunção orgânica de pacientes em morte encefálica.

Binge drinking: padrão associado ao risco de problemas do uso de álcool entre universitários

Binge drinking: a pattern associated with a risk of problems of alcohol use among university students

André Bedendo, André Luiz Monezi Andrade, Emérita Sátiro Opaleye, Ana Regina Noto

Objetivo: avaliar problemas associados ao uso de álcool entre universitários que relataram binge drinking em comparação a estudantes que consumiram álcool sem binge drinking. Método: estudo transversal entre universitários (N=2.408) que acessaram website sobre o uso de álcool. Nas análises estatísticas incluíram-se modelos de regressão logística e linear. Resultados: o uso de álcool, nos últimos três meses, foi relatado por 89,2% dos universitários e 51,6% referiram uso binge. Comparados a estudantes que não praticaram binge, universitários que apresentaram esse padrão tiveram maior chance de relatar todos os problemas avaliados, entre eles: incapacidade de lembrar o que aconteceu (aOR:5,4); problemas acadêmicos (aOR:3,4); agir impulsivamente e se arrepender (aOR:2,9); envolver-se em brigas (aOR:2,6); dirigir após beber (aOR:2,6) e pegar carona com alguém que bebeu (aOR:1,8). Estudantes que consumiram álcool no padrão binge também apresentaram maior pontuação no Alcohol Use Disorders Identification Test (b=4,6; p<0,001), mais consequências negativas (b=1,0; p<0,001) e menos percepção da negatividade das consequências (b=-0,5; p<0,01). Conclusão: a prática de binge drinking esteve associada ao aumento das chances de manifestação de problemas relacionados ao uso de álcool. As conclusões deste estudo não podem ser reproduzidas para toda realidade brasileira.

Elaboração e validação de Lista de Verificação de Segurança na Prescrição de Medicamentos

Elaboration and Validation of the Medication Prescription Safety Checklist

Aline de Oliveira Meireles Pires, Maria Beatriz Guimarães Ferreira, Kleiton Gonçalves do Nascimento, Márcia Marques dos Santos Felix5, Patrícia da Silva Pires, Maria Helena Barbosa

Objetivo: elaborar e validar um instrumento tipo checklist para identificar a adesão às recomendações na estrutura das prescrições de medicamentos, a partir do Protocolo do Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Método: pesquisa metodológica, conduzida por meio do processo de validade e análise de confiabilidade, com amostra de 27 prescrições eletrônicas. Resultados: análises realizadas confirmaram a validade de conteúdo e a confiabilidade da versão do instrumento. A validade de conteúdo, obtida por meio da avaliação de juízes, foi considerada satisfatória por contemplar itens que representam a adesão às recomendações na estrutura das prescrições de medicamentos. A confiabilidade, avaliada por interobservadores, apresentou-se excelente (ICC=1,00) e de concordância perfeita (K=1,00). Conclusão: o instrumento Lista de Verificação de Segurança na Prescrição de Medicamentos demonstrou-se válido e confiável para o grupo estudado. Espera-se que este estudo possa contribuir para a prevenção de eventos adversos, bem como para a melhoria da qualidade da assistência e segurança no uso de medicamentos.

Desenvolvimento e validação da Escala Axiológica de Hospitalidade para a Humanização da Enfermagem

Development and validation of the Hospitality Axiological Scale for Humanization of Nursing Care

José María Galán González-Serna, Soledad Ferreras-Mencia, Juan Manuel Arribas-Marín

Objetivo: desenvolver e validar uma escala que permita avaliar a atitude dos enfermeiros em termos de hospitalidade, visando a humanização da enfermagem.Participantes: a amostra foi constituída por 499 profissionais e estudantes de enfermagem dos dois últimos anos do curso de graduação em Enfermagem. Método: utilizando-seuma abordagem metodológica, foi desenvolvido e validado um instrumento para avaliar os valores éticos relacionados com a hospitalidade. Subsequentemente, foi formulado um modelo para mediras dimensões que constituem o construto hospitalidade. Resultados: a Escala Axiológica de Hospitalidade mostrou uma consistência interna elevada, com Alfa de Cronbach=0,901. A validação do instrumento de medição foi realizada usando-se métodos de análise fatorial, exploratória e confirmatória, que apresentaram bons índices de qualidade de ajuste. Conclusões: o instrumento desenvolvido apresentou uma validade adequada e uma consistência interna elevada. Com base na consistência de suas propriedades psicométricas, é possível afirmar que a escala proporciona uma medida confiável da hospitalidade. Também foi possível determinar as dimensões ou fontes que a compõem: o respeito, a responsabilidade, a qualidade e o cuidado transpessoal.

Escala de atitudes frente ao álcool versão em espanhol: evidências de validade e confiabilidade

Scale of attitudes toward alcohol - Spanish version: evidences of validity and reliability

Erika Gisseth León Ramírez, Divane de Vargas

Objetivo: validar a Escala de atitudes frente ao álcool, ao alcoolismo e a pessoas com transtornos relacionados ao uso do álcool, versão espanhola. Método: estudo metodológico, realizado com 303 enfermeiros colombianos. Seguindo a teoria clássica, foi aplicada a análise fatorial confirmatória sem exploração preliminar, com base na forte evidência histórica da estrutura fatorial do instrumento original para a validação de construto desta versão em espanhol. Para a avaliação da confiabilidade foram utilizados os coeficientes de Alfa de Cronbach e Ômega de Mc Donald. Resultados: a análise fatorial confirmatória indicou o bom ajuste do modelo da escala na distribuição de quatro fatores, compreendendo 48 itens em sua versão espanhola. Os índices de confiabilidade foram satisfatórios, com ponto de corte observado em 3,2, demonstrando sensibilidade de 66,7%. Conclusões: a Escala de atitudes frente ao álcool, ao alcoolismo e a pessoas com transtornos relacionados ao uso do álcool no idioma espanhol, apresentou qualidades psicométricas robustas, afirmando que se trata de um instrumento com estrutura fatorial e confiabilidade sólidas, capaz de medir com precisão as atitudes dos enfermeiros frente ao fenômeno proposto.

Construção e validação de diagnósticos de enfermagem para pessoas em cuidados paliativos

Construction and validation of nursing diagnoses for people in palliative care

Rudval Souza da Silva, Álvaro Pereira, Maria Miriam Lima da Nóbrega, Fernanda Carneiro Mussi

Objetivo: construir e validar diagnósticos de enfermagem para pessoas em cuidados paliativos, fundamentados no Modelo de Cuidados para Preservação da Dignidade e na Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem. Método: estudo metodológico operacionalizado em duas etapas: 1) construção do banco de termos relevantes, clínica e culturalmente, para a assistência de enfermagem à pessoa em cuidados paliativos e 2) construção de diagnósticos de enfermagem a partir do banco de termos, com base nas diretrizes do Conselho Internacional de Enfermeiros. Resultados: os 262 termos validados constituíram um banco de termos a partir do qual foram desenvolvidos 56 diagnósticos de enfermagem. Desses, 33 foram validados por um grupo de 26 peritos, e classificados nas três categorias do Modelo de Cuidados para Preservação da Dignidade: preocupações relacionadas com a doença (21); repertório de conservação da dignidade (9); inventário da dignidade social (3). Conclusão: dos 33 diagnósticos validados, 18 deles poderão ser incluídos na atualização do Catálogo da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem - cuidados paliativos para uma morte digna. O estudo contribui para subsidiar o enfermeiro no raciocínio clínico e na tomada de decisão.

Síndromes vinculadas à cultura nos processos migratórios: o caso dos imigrantes bolivianos

Culture-bound syndromes in migratory contexts: the case of Bolivian immigrants

María Teresa Roldán-Chicano, José Fernández-Rufete, César Hueso-Montoro, María del Mar García-López, Javier Rodríguez-Tello, María Dolores Flores-Bienert

Objetivo: descrever as síndromes vinculadas à cultura mantidas pelos imigrantes bolivianos no novo contexto migratório e analisar os processos de cuidado para esses problemas de saúde. Método: projeto de pesquisa de natureza qualitativa e com abordagem metodológica etnográfica. Amostra: 27 imigrantes bolivianos. As estratégias para a coleta de dados foram as entrevistas em profundidade e a observação participativa. Os dados foram classificados e categorizados em esquemas lógicos manualmente e por meio do programa ATLAS-ti v.5. Resultados: o susto, os “wayras”, o amartelo (tristeza), o pasmo de sol, o pasmo de lua e o pasmo de sereno são algumas das síndromes de caráter popular que acometem os imigrantes bolivianos, e que eles tratam no novo contexto migratório. Conclusões: no novo ambiente, as síndromes vinculadas à cultura, comuns em seu país de origem, são mantidas pelo grupo estudado. As formas de cuidado para esses problemas de saúde são adaptadas aos recursos do novo contexto e baseadas em interações com o ambiente doméstico, a biomedicina e a medicina tradicional. Foi constatada a necessidade de que os profissionais de saúde reconheçam que a eficácia de determinadas terapias se dá no âmbito das crenças culturais e não no âmbito da comprovação científica.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br