JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número Atual: V26

Editorial

New

A inclusão da saúde mental na agenda da saúde pública internacional e o protagonismo da enfermagem no processo

The inclusion of mental health in the international public health agenda and the leading role of nursing in this process

Sueli Frari Galera

A Educação Interprofissional em saúde na Região das Américas

Interprofessional Health Education in the Region of the Americas

Fernando Antonio Menezes da Silva, Silvia Helena De Bortoli Cassiani, José Rodrigues Freire Filho

Gestão editorial e os 25 anos da Revista Latino-Americana de Enfermagem

Editorial management and the 25 years of the Latin American Journal of Nursing

Maria Helena Palucci Marziale

Artigos Originais

New

Condições de trabalho e significados do trabalho em enfermagem em Barcelona

Labor conditions and the meanings of nursing work in Barcelona

Alberto Granero, Josep M Blanch, Paola Ochoa

Objetivo: analisar a relação entre a avaliação quantitativa das condições de trabalho e a percepção qualitativa da própria experiência de trabalho. Método: uma amostra de 1760 profissionais de enfermagem de Barcelona respondeu a um questionário para avaliação de suas condições de trabalho e resumiu em cinco palavras-chave sua própria experiência de trabalho atual. Resultados: o corpus textual dos significados do trabalho incluiu 8043 formas lexicais, que foram categorizadas e codificadas. As pessoas pesquisadas que classificaram mais alto as suas condições de trabalho expressaram uma visão do trabalho em termos de autonomia, realização e bem-estar, ao passo que as que o classificavam mais baixo falavam principalmente de exaustão, despersonalização e clima negativo. Uma análise de correspondências evidenciou uma estreita relação entre as avaliações quantitativas das condições de trabalho e os códigos verbais de significado do trabalho. Conclusões: os significados dados ao trabalho foram não só coerentes com as avaliações numéricas das condições de trabalho, mas também as tornaram mais compreensíveis. A informação obtida coloca desafios para reflexão e aponta caminhos para enfrentar a promoção dos aspectos positivos e a prevenção dos negativos das condições do trabalho de enfermagem.

New

Ações de apoio realizadas à mulher por acompanhantes em maternidades públicas

Support actions undertaken for the woman by companions in public maternity hospitals

Carolina Frescura Junges, Odaléa Maria Brüggemann, Roxana Knobel, Roberta Costa

Objetivo: identificar as ações de apoio realizadas à mulher no trabalho de parto, parto, cesariana e pós-parto. Método: estudo transversal, realizado em três maternidades públicas, com amostra de 1147 acompanhantes. Os dados foram coletados por meio de entrevista e analisados por estatística descritiva. As ações de apoio foram classificadas nas quatro dimensões: emocional, física, informacional e de intermediação. Resultados: a maioria dos entrevistados era o companheiro/pai do bebê (76,7%). No trabalho de parto, nascimento e pós-parto, as ações de apoio emocional, como tranquilizar, encorajar e elogiar, foram realizadas por mais de 80,0% dos acompanhantes; o apoio informacional por cerca de 70,0%; e o de intermediação por menos de 65,0% deles. No trabalho de parto, o destaque no apoio físico foi observado no auxílio à deambulação (84,4%) e na mudança de posição (90,4%). Conclusão: os acompanhantes participam ativamente do processo do nascimento realizando ações de apoio nas quatro dimensões. O apoio emocional é o mais frequente, seguido do físico e informacional, principalmente durante o trabalho de parto e parto. Os resultados contribuem para a valorização do acompanhante da rede social da mulher no cenário do parto e o reconhecimento do seu papel como provedor de apoio.

Validação de um instrumento de distresse moral em enfermeiras da atenção primária à saúde

Validation of a moral distress instrument in nurses of primary health care

Priscila Orlandi Barth, Flávia Regina Souza Ramos, Edison Luiz Devos Barlem, Graziele de Lima Dalmolin, Dulcinéia Ghizoni Schneider

Objetivo: validar um instrumento para identificar as situações desencadeadoras do distresse moral em relação à intensidade e frequência, em enfermeiras da atenção primária à saúde. Método: estudo metodológico, realizado com 391 enfermeiras da atenção primária à saúde, e aplicada a Escala Brasileira de Distresse Moral em Enfermeiros com 57 questões. A validação para a atenção primária à saúde ocorreu mediante avaliação de comitê de especialistas, realização de pré-teste, análise fatorial e alfa de Cronbach. Resultados: foram validadas 46 questões divididas em seis constructos: Políticas de Saúde, Condições de Trabalho, Autonomia da Enfermeira, Competência ética profissional, Desrespeito à autonomia do usuário e Sobrecarga de Trabalho. O instrumento apresentou consistência interna satisfatória, com alfa de Cronbach 0,98 para o instrumento e entre 0,96 e 0,88 para os constructos. Conclusão: o instrumento é válido e fidedigno para ser utilizado na identificação dos fatores desencadeadores de distresse moral em enfermeiras da atenção primária, fornecendo subsídios para novas pesquisas nesse campo de atuação profissional.

Método Jacobson e Truax: avaliação da efetividade clínica de um programa de ensino para cuidado domiciliar pós prostatectomia

Jacobson and Truax Method: evaluation of the clinical effectiveness of a home care program after prostatectomy

Luciana Regina Ferreira Pereira da Mata, Mariana Ferreira Vaz Gontijo Bernardes, Cissa Azevedo, Tânia Couto Machado Chianca, Maria da Graça Pereira, Emilia Campos de Carvalho

Objetivo: exemplificar a aplicabilidade do Método Jacobson e Truax em um estudo de intervenção de enfermagem que analisou a efetividade de um programa de ensino para cuidado domiciliar pós-prostatectomia radical. Método: estudo descritivo referente à aplicabilidade do Método Jacobson e Truax na análise de dados de um ensaio clínico. A intervenção consistiu em programa de ensino para alta hospitalar pós-prostatectomia radical por meio de orientação oral, escrita e reforço telefônico. Participaram 34 homens no grupo intervenção e 34 no controle. Calculou-se índice de mudança confiável e significância clínica para a variável conhecimento nos dois grupos. Gráficos de dispersão foram apresentados para demonstrar a efetividade do método. Resultados: no grupo intervenção, para 30 indivíduos, a intervenção apresentou mudança clinicamente relevante em relação ao conhecimento. Já no grupo controle, nenhum dos 34 indivíduos apresentou significância clínica dos resultados relacionada a essa variável, ou seja, a significância estatística identificada pelos testes inferenciais não representou mudanças clinicamente relevantes ao nível da variável conhecimento. Conclusão: a intervenção educativa realizada por meio da combinação de orientação oral, escrita e acompanhamento telefônico mostrou-se clinicamente efetiva no âmbito da melhoria do conhecimento quanto aos cuidados em domicílio.

Flebite e infiltração: traumas vasculares associados ao cateter venoso periférico

Phlebitis and infiltration: vascular trauma associated with the peripheral venous catheter

Luciene Muniz Braga, Pedro Miguel Parreira, Anabela de Sousa Salgueiro Oliveira, Lisete dos Santos Mendes Mónico, Cristina Arreguy-Sena, Maria Adriana Henriques

Objetivo: determinar a taxa de incidência e os fatores de risco para os indicadores sensíveis aos cuidados de Enfermagem, flebite e infiltração, em pacientes portadores de cateteres venosos periféricos (CVPs). Método: estudo de coorte com 110 pacientes. Utilizou-se escalas para avaliar e documentar flebite e infiltração. Recolheram-se variáveis sociodemográficas, clínicas, relativas ao CVP, à medicação e à internação, bem como efetuou-se análise descritiva e inferencial, e modelação logística multivariada. Resultados: a taxa de incidência de flebite e infiltração foi de 43,2 e 59,7 por mil cateteres-dia, respectivamente. A maioria dos CVPs foi removida nas primeiras 24h devido a esses traumas vasculares. Foram fatores de risco para flebite o tempo de internação (p=0,042) e o número de cateteres inseridos (p<0,001), sendo para infiltração a piperacilina/tazobactan (p=0,024) e o número de cateteres inseridos (p<0,001). Conclusão: a investigação documentou a incidência de indicadores sensíveis aos cuidados de Enfermagem (flebite e infiltração) e evidenciou novos fatores de risco relacionados à infiltração. Possibilitou, também, uma reflexão sobre os cuidados de Enfermagem para prevenir esses traumas vasculares, as indicações e as contraindicações do CVP, tendo subsidiada a implementação do PICC nas práticas de Enfermagem como alternativa ao CVP.

Boas práticas no parto normal: análise da confiabilidade de um instrumento pelo Alfa de Cronbach

Good practices in normal childbirth: reliability analysis of an instrument by Cronbach’s Alpha

Leila Bernarda Donato Gottems, Elisabete Mesquita Peres De Carvalho, Dirce Guilhem, Maria Raquel Gomes Maia Pires

Objetivo: analisar a consistência interna do instrumento de avaliação da adesão dos profissionais às boas práticas de atenção ao parto e nascimento por meio do Coeficiente Alfa de Cronbach para cada uma das dimensões e para o instrumento total. Método: estudo descritivo e transversal, realizado em centros obstétricos de onze hospitais públicos do Distrito Federal, com aplicação de questionário a 261 profissionais que atuavam na atenção ao parto. Resultados: participaram do estudo 261 profissionais, sendo 42,5% (111) enfermeiros e 57,5% (150) médicos. A avaliação da confiabilidade do instrumento pelo Alfa de Conbrach resultou em 0,53, 0,78 e 0,76 para as dimensões 1, 2 e 3, após depurações que resultarama na exclusão de 11 itens. Conclusões: o instrumento obteve Alfa de Cronbach de 0,80. Há necessidade de aperfeiçoamento nos itens da dimensão 1 que se referem a atitudes, conhecimentos e práticas de organização da rede de atenção à gestação, parto e nascimento. Todavia, pode ser aplicado na forma como está para avaliação das práticas baseadas em evidências científicas de atenção ao parto.

Desenvolvimento de protocolo clínico para detecção de lesões precursoras do câncer de colo uterino

Development of a clinical protocol for detection of cervical cancer precursor lesions

Deise Maria Do Nascimento Sousa, Ana Carolina Maria Araújo Chagas, Camila Teixeira Moreira Vasconcelos, Airton Tetelbom Stein, Mônica Oliveira Batista Oriá

Objetivos: desenvolver e validar o conteúdo de um protocolo clínico direcionado à prevenção do câncer cervical na atenção primária. Método: Trata-se de uma pesquisa de desenvolvimento tecnológico em saúde(8) realizada em quatro etapas: (1) submissão do projeto ao comitê de ética em pesquisa; (2) levantamento bibliográfico; (3) elaboração do protocolo clínico; e (4) validação de conteúdo. Na terceira etapa, as informações foram levantadas mediante pesquisa bibliográfica e consultados especialistas em ginecologia. Para a etapa final, foram selecionados quatro juízes que avaliaram o protocolo clínico segundo o AGREE 2. Foram considerados validados os domínios que obtiveram nível de concordância mínimo de 75% nas pontuações. Resultados: as pontuações obtidas, em cada domínio do instrumento, foram as seguintes: domínio 1 (escopo e finalidade)=87,5%; domínio 2 (envolvimento das partes interessadas)=83,3%; domínio 3 (rigor do desenvolvimento)=79,7%; domínio 4 (clareza da apresentação)=76,3%; domínio 5 (aplicabilidade)=78,1%; e domínio 6 (independência editorial)=85,4. Conclusão: o protocolo clínico mostrou-se um material validado com pontuações superiores ao mínimo exigido. Obteve recomendações positivas com modificações e passou por ajustes a fim de torná-lo mais efetivo.

Validação de álbum seriado para a promoção do controle de peso corporal infantil

Serial album validation for promotion of infant body weight control

Nathalia Costa Gonzaga Saraiva, Carla Campos Muniz Medeiros, Thelma Leite de Araujo

Objetivo: validar o conteúdo e a aparência de álbum seriado para crianças de 7 a 10 anos abordando o tema prevenção e controle do peso corporal. Método: estudo metodológico, de natureza descritiva. O processo de validação teve participação de 33 especialistas em tecnologias educativas e/ou em excesso de peso infantil. Foi considerado o índice de concordância de no mínimo 80% para se garantir a validação do material. Resultados: a maioria dos especialistas tinha doutorado e era graduada em enfermagem. Quanto ao conteúdo, ilustrações, layout e relevância, todos os itens foram validados e 69,7% dos especialistas consideraram o álbum como ótimo. O índice de validação de concordância global da tecnologia educativa foi 0,88. Apenas a ficha-roteiro 3 não atingiu o ponto de corte do índice de validação do conteúdo. Foram realizadas alterações no material, tais como mudança do título, inclusão do contexto escolar e inserção de nutricionista e educador físico na estória narrada no álbum. Conclusão: o álbum seriado proposto foi considerado válido por especialistas quanto ao conteúdo e aparência, sugerindo que esta tecnologia tem potencial para contribuir na educação em saúde sobre promoção do peso saudável na faixa etária de 7 a 10 anos.

Adaptação transcultural e nova proposta do resultado de enfermagem Condição física (2004)

Transcultural adaptation and new proposal for the nursing outcome, Physical condition (2004)

Jessica Rojas Navarrete, Paloma Echevarría Pérez, César Leal Costa

Objetivos: adaptar transculturalmente ao contexto espanhol e idealizar uma nova proposta do resultado de enfermagem Condição física (2004) da Nursing Outcomes Classification (NOC) para uso acurado na prática clínica. Método: foi realizado um estudo de adaptação transcultural e elaboração de proposta do resultado de enfermagem Condição física, comprovada pela opinião de 26 especialistas. Os dados foram coletados por meio de formulário eletrônico e análise quantitativa foi realizada utilizando o software SPSS. Resultados: obteve-se a versão adaptada ao contexto espanhol e proposta do resultado de enfermagem Condição física a partir do consenso de 26 especialistas, com uma pontuação média superior a 7.6 para a adequação da definição do resultado e de seus indicadores e 8.5 para a relevância dos indicadores. Conclusões: obteve-se a versão adaptada ao contexto espanhol e uma nova proposta do resultado Condição física. Os resultados obtidos indicam um alto nível de adequação e relevância. Um instrumento de grande utilidade na clínica e pesquisa foi obtido para avaliar as intervenções direcionadas à melhoria da condição física.

Prevalência de polimorfismos nos genes ANKK1, DRD2, DRD3 e síndrome metabólica na esquizofrenia refratária

Prevalence of polymorphisms in the ANKK1, DRD2, DRD3 genes and metabolic syndrome in refractory schizophrenia

Jeizziani Aparecida Ferreira Pinto, Pedro Henrique Batista de Freitas, Fernanda Daniela Dorneles Nunes, Paulo Afonso Granjeiro, Luciana Lara dos Santos, Richardson Miranda Machado

Objetivo: estimar a prevalência dos polimorfismos TaqIA, -141C e rs6280 dos genes ANKK1, DRD2 e DRD3 e avaliar sua associação com a ocorrência de síndrome metabólica em pacientes com esquizofrenia refratária. Método: estudo de delineamento transversal, realizado na Região Ampliada Oeste de Minas Gerais, que incluiu pacientes com esquizofrenia refratária em uso do antipsicótico clozapina. Foram coletados dados sociodemográficos, clínicos, antropométricos, bioquímicos e genéticos. Realizou-se análise univariada dos dados. Resultados: participaram 72 pacientes e observou-se a ocorrência de Síndrome Metabólica em 47,2%, não sendo encontrada associação da Síndrome Metabólica com os polimorfismos estudados. Houve diferença estatisticamente significante com o parâmetro do baixo HDL com genótipo homozigoto para alelo C do polimorfismo -141C do gene DRD2. Conclusão: evidenciou-se prevalência de SM elevada. O polimorfismo -141C associou-se ao baixo HDL. A análise genética e a identificação de alterações metabólicas, neste grupo de pacientes, podem nortear o tratamento medicamentoso e propiciar melhor qualidade de vida.

Validação transcultural da Child Adolescent Teasing Scale para estudantes colombianos

Cross-cultural validation of the Child Adolescent Teasing Scale for Colombian students

Karol Johanna Briñez Ariza, Clara Virginia Caro Castillo, María Elena Echevarría-Guanilo, Marta Lenise Do Prado, Silvana Silveira Kempfer

Objetivo: realizar a validação transcultural do instrumento “Child Adolescent Teasing Scale” para a população de estudantes colombianos. Método: estudo metodológico com estudantes de 8 a 15 anos, de instituições educacionais públicas e privadas de Ibagué, Colômbia. Utilizou-se o formulário de caracterização e a “Child Adolescent Teasing Scale”. Resultados: o processo de adaptação transcultural foi organizado em sete etapas: comparação da versão em espanhol do instrumento com a versão original em inglês, retrotradução, versão consenso, validade facial e adaptação da terminologia pelos estudantes, validade facial e de conteúdo por especialistas, comissão de avaliação para a versão final, teste piloto e confiabilidade. Conclusão: a versão adaptada ao espanhol usado na Colômbia da “Child Adolescent Teasing Scale” (Escala de zombarias para crianças e adolescentes), que mede a frequência e o incômodo devido às zombarias, mostrou resultados recomendáveis em termos de validade e confiabilidade.

Presenteísmo e sintomas musculoesqueléticos entre trabalhadores de enfermagem

Presenteeism and musculoskeletal symptoms among nursing professionals

Heloisa Ehmke Cardoso dos Santos, Maria Helena Palucci Marziale, Vanda Elisa Andres Felli

Objetivo: identificar as prevalências de sintomas musculoesqueléticos em duas etapas (antes e após seis meses da primeira etapa) e sua associação com o presenteísmo entre trabalhadores de enfermagem. Método: estudo longitudinal com abordagem quantitativa dos dados desenvolvido em um hospital de ensino brasileiro com 211 trabalhadores de enfermagem. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram o Cultural and Psychosocial Influences on Disability - CUPID Questionnaire, para identificar os sintomas musculoesqueléticos e a Stanford Presenteeism Scale, para verificar o presenteísmo. Os respectivos instrumentos foram validados para a língua portuguesa falada no Brasil. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa com seres humanos. Para a análise dos dados, foi utilizada a estatística descritiva, teste Mann Whitney e análise de regressão. Resultados: 158 (74,9%) trabalhadores apresentaram presenteísmo e 151 (71,6%) referiram como sintoma musculoesquelético a dor lombar. Os trabalhadores com dor lombar apresentaram menor pontuação na escala do presenteísmo. A dor no ombro estava relacionada à perda de concentração durante o trabalho. Conclusão: o presenteísmo ocasionou redução no desempenho do trabalho, manifestou-se na presença dos sintomas musculoesqueléticos e a dor no ombro causou perda de concentração no trabalho.

Lacunas de conhecimentos e habilidades de mães portuguesas associados à saúde do recém-nascido

Gaps in the knowledge and skills of Portuguese mothers associated with newborn health care

Alexandrina Maria Ramos Cardoso, Heimar de Fátima Marín

Objetivos: Caracterizar o nível de conhecimentos e habilidades associadas à competência parental: promover e vigiar a saúde da criança, até aos seis meses de idade e, caracterizar o perfil das mães mais bem preparadas. Método: estudo transversal, realizado em três centros de saúde de uma Unidade Local de Saúde do Norte de Portugal. Para a seleção de dados foi realizada entrevista clínica a mulheres grávidas ou cujo filho tivesse até seis meses. O instrumento foi constituído por 21 indicadores relacionados com a promoção e a vigilância da saúde da criança, nos momentos - gravidez, 1ª-2ª semana, 1º-2º, 3º-4º e 5º-6º mês. Resultados: foram avaliados os conhecimentos e as habilidades de 629 mulheres. Foram identificadas necessidades de aprendizagem em todos os indicadores avaliados. As mães bem preparadas tinham maior nível de escolaridade; coabitavam com o pai do filho; já tinham outros filhos; a gravidez foi planejada e tinham intenção de amamentar. Conclusões: nos momentos em que foram avaliadas, as mães demonstraram falta de conhecimentos e de habilidades. Pode ser considerado um grupo vulnerável, as mães: solteiras, primíparas, cuja gravidez não foi planeada e sem preparação prévia

Eficácia de manual educativo para acompanhantes de parto: estudo piloto de ensaio clínico randomizado

Efficacy of an educational manual for childbirth companions: pilot study of a randomized clinical trial

Liana Mara Rocha Teles, Camila Félix Américo, Mônica Oliveira Batista Oriá, Camila Teixeira Moreira Vasconcelos, Odaléa Maria Brüggemann, Ana Kelve de Castro Damasceno

Objetivo: avaliar a eficácia de um manual educativo na instrumentalização do acompanhante para prestar apoio à parturiente e verificar a sua influência na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto vaginal. Método: piloto de ensaio clínico controlado randomizado com 65 acompanhantes e puérperas (intervenção=21 e controle=44). O conhecimento prévio dos acompanhantes foi avaliado em linha de base. Utilizou-se o Formulário de Avaliação do Acompanhante em Sala de Parto para mensurar as ações prestadas e a satisfação com a experiência e o Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto para avaliar a satisfação da puérpera com este. Foram utilizados os testes t de Student ou Wilcoxon, Qui-quadrado ou exato de Fisher, razões de risco e intervalos de confiança a 95%. Resultados: acompanhantes do grupo intervenção realizaram maior número de ações de apoio (7,2 vs 4,6; p:0,001) e tiveram escores mais altos de satisfação com o parto (72,4 vs 64,2; p:0,00). Puérperas do grupo intervenção tiveram maior satisfação com o parto (119,6 vs 107,9; p:0,000). Conclusão: o manual foi eficaz na instrumentalização do acompanhante, contribuiu para ações de apoio à parturiente e repercutiu na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto. RBR-776d9s

Padrão espacial e tendência temporal da mortalidade por tuberculose

Spatial pattern and temporal trend of mortality due to tuberculosis

Ana Angélica Rêgo de Queiroz, Thaís Zamboni Berra, Maria Concebida da Cunha Garcia, Marcela Paschoal Popolin, Aylana de Souza Belchior, Mellina Yamamura, Danielle Talita dos Santos, Luiz Henrique Arroyo, Ricardo Alexandre Arcêncio

Objetivos: descrever o perfil epidemiológico da mortalidade por tuberculose (TB), analisar o padrão espacial dessas mortes e investigar a tendência temporal da mortalidade por tuberculose no Nordeste do Brasil. Métodos: estudo ecológico baseado em dados secundários de mortalidade. As mortes por TB foram incluídas no estudo. As estatísticas descritivas e as taxas brutas de mortalidade foram calculadas e suavizadas pelo Método Bayesiano Empírico Local. A regressão de Prais-Winsten foi utilizada para analisar a tendência temporal dos coeficientes de mortalidade por tuberculose. A técnica de densidade de Kernel foi utilizada para analisar a distribuição espacial da mortalidade por TB. Resultados: a tuberculose foi citada em 236 óbitos. A maioria das mortes por tuberculose ocorreu entre os homens, solteiros, de etnia mista e média de idade de 51 anos. As mortes por tuberculose concentraram-se nos distritos de saúde leste, oeste e norte e o coeficiente de mortalidade por tuberculose permaneceu estacionário ao longo do período de estudo. Conclusões: as análises do padrão espacial e da tendência temporal da mortalidade revelaram áreas com maiores taxas de mortalidade por TB, as quais devem ser priorizadas para intervenções de saúde pública visando o controle da doença.

Implementação das práticas baseadas em evidências na assistência ao parto normal

Implementation of evidence-based practices in normal delivery care

Clodoaldo Tentes Côrtes, Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de Oliveira, Rafael Cleison Silva dos Santos, Adriana Amorim Francisco, Maria Luiza Gonzalez Riesco, Gilceria Tochika Shimoda

Objetivo: avaliar o impacto da implementação das práticas baseadas em evidências na assistência ao parto normal. Método: estudo de intervenção quase experimental, tipo antes e depois, conduzido em maternidade pública, Amapá. Foram entrevistados 42 profissionais, 280 puérperas e analisados dados de 555 prontuários, desenvolvidos em três fases: auditoria de base (fase 1), intervenção educativa (fase 2) e auditoria pós-intervenção (fase 3). Resultados: após a intervenção, houve incremento de 5,3 pontos percentuais (p.p.) na taxa de parto normal. Na entrevista com as mulheres, constatou-se aumento significativo da presença do acompanhante no trabalho de parto (10,0 p.p.) e da posição vertical ou cócoras (31,4 p.p.); redução significante de amniotomia (16,8 p.p.), posição litotômica (24,3 p.p.) e ocitocina intravenosa (17,1 p.p.). Na perspectiva dos profissionais, houve redução estatística da prescrição/administração de ocitocina (29,6 p.p.). Na análise dos prontuários, observou-se redução significativa da taxa de amniotomia (29,5 p.p.) e da posição litotômica (1,5 p.p.); a taxa de posição vertical ou cócoras apresentou incremento estatístico de 2,2 p.p. Conclusões: houve impacto positivo da intervenção educativa na melhora da assistência à parturiente, mas o processo de implementação não foi capaz de obter sucesso completo na adoção das evidências científicas na assistência ao parto normal nesta instituição.

Avaliação do cuidado primário à pessoa idosa segundo o Chronic Care Model

Assessment of the quality of primary care for the elderly according to the Chronic Care Model

Líliam Barbosa Silva,Sônia Maria Soares, Patrícia Aparecida Barbosa Silva, Joseph Fabiano Guimarães Santos, Lívia Carvalho Viana Miranda, Raquel Melgaço Santos

Objetivos: avaliar a qualidade do cuidado à pessoa idosa com diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial na Atenção Primária à Saúde (APS) segundo o Chronic Care Model (CCM) e identificar associações com resultados do cuidado. Método: estudo transversal envolvendo 105 idosos com diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial. Para avaliação da qualidade do cuidado, utilizou-se o questionário Patient Assessment of Chronic Illness Care (PACIC) cujo escore total foi comparado com resultados do cuidado que incluiu parâmetros bioquímicos, índice de massa corporal, níveis pressóricos e qualidade de vida. A análise dos dados baseou-se em estatística descritiva e regressão logística múltipla. Resultados: houve predomínio do sexo feminino e mediana de idade de 72 anos. A pontuação mediana do PACIC foi de 1,55 (IQ 1,30-2,20). Entre as dimensões do PACIC, o “Modelo de atenção/tomada de decisão” foi a que apresentou melhor resultado. Não houve diferença estatística entre as medianas do escore total do PACIC e resultados do cuidado individualmente. Entretanto, quando avaliada a boa qualidade de vida e satisfação com a saúde simultaneamente, observou-se diferença estatística entre os valores das medianas. Conclusão: constataram-se baixos escores do PACIC, indicando que o cuidado crônico segundo o CCM na APS parece ainda distante de seus pressupostos.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br