JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número: V20N2

Artigos Originais

Organização do trabalho e saúde de trabalhadores bancários

Work organization and the health of bank employees

Juliana Lemos Silva; Vera Lucia Navarro

O setor bancário brasileiro passou por intenso processo de reestruturação e ocupou posição de liderança na incorporação de novas tecnologias e inovações organizacionais. A informatização do setor, aliada às novas formas de organizar o trabalho, resultou em mudanças que refletiram na saúde dos trabalhadores. Fundamentado no referencial teórico metodológico do materialismo histórico-dialético, este estudo, de caráter qualitativo, teve por objetivo investigar as condições de trabalho de bancários, para identificar em que medida as mudanças na organização do trabalho interferiram na saúde daqueles trabalhadores. Os dados foram coletados através de entrevistas com onze bancários. Os resultados revelaram, além de adoecimentos de ordem física por doenças ocupacionais, diretamente relacionadas à intensificação do trabalho, o aumento da incidência de sofrimento mental e sentimento de perda de identidade profissional. Predominaram, nos depoimentos, sentimentos de frustração e insegurança em relação ao trabalho e preocupação com a pressão psicológica, derivada da necessidade de cumprimento de metas.

Distâncias percorridas no teste de caminhada de seis minutos: proposta de característica definidora para o diagnóstico de enfermagem Perfusão Tissular Periférica Ineficaz

Distances walked in the six-minute walk test: suggestion of defining characteristic for the nursing diagnosis Ineffective Peripheral Tissue Perfusion

Rita de Cassia Gengo e Silva; Ludimila Brunorio; Cassiana Rosa Galvão Giribela; Luiz Aparecido Bortolotto; Nelson Wolosker; Fernanda Marciano Consolim-Colombo

Distâncias percorridas em testes de marcha são importantes marcadores funcionais, porém, não são aceitos como características definidoras de Perfusão Tissular Periférica Ineficaz. Os objetivos foram verificar as distâncias percorridas no teste de caminhada de seis minutos, por participantes com e sem esse diagnóstico de enfermagem, e se tais medidas podem ser consideradas características definidoras desse fenômeno. A amostra foi composta por sujeitos com (grupo A, n=65) e sem (grupo B, n=17) Perfusão Tissular Periférica Ineficaz, avaliados quanto ao exame físico, à função vascular periférica e à capacidade funcional. Os participantes do grupo A apresentaram pior função vascular e capacidade funcional do que os do grupo B. Verificou-se que a distância percorrida livre de dor foi preditiva para a ocorrência do diagnóstico de enfermagem. Os resultados deste estudo são importantes para o refinamento desse diagnóstico. Conclui-se que as distâncias percorridas no teste de caminhada de seis minutos podem ser características definidoras de Perfusão Tissular Periférica Ineficaz.

Efetividade de um programa educativo em enfermagem no autocuidado em pacientes com insuficiência cardíaca: ensaio clínico randomizado

Effectiveness of an educational program in nursing in the self-care of patients with heart failure: randomized controlled trial

María de los Ángeles Rodríguez-Gázquez; Edith Arredondo-Holguín; Richard Herrera-Cortés

Trata-se de ensaio clínico controlado, aleatorizado, sem cegamento, no qual se avaliou a efetividade de um programa educativo de enfermagem (encontros educativos, visitas domiciliárias, tele-enfermagem e cartilha impressa), no melhoramento dos comportamentos de autocuidado em pacientes com insuficiência cardíaca. Participaram 33 pessoas no grupo de estudo e 30 no grupo controle. No início e no final do estudo (nono mês), aplicou-se a Escala de Comportamentos de Autocuidado de Pacientes com insuficiência cardíaca, de Nancy Artinian, para avaliar o nível de autocuidado. Resultados: 66,0% do grupo de intervenção contra 26,6% do grupo controle melhoraram em ao menos 20% da pontuação de autocuidado (p<0,001). O Número Necessário a Tratar (NNT) foi de2,5. Os resultados sugerem que a intervenção educativa de enfermagem estudada tem efeito benéfico sobre comportamentos de autocuidado das pessoas com insuficiência cardíaca.

Tuberculose: limites e potencialidades do tratamento supervisionado

Tuberculosis: limitations and strengths of Directly Observed Treatment Short-Course

Elisangela Martins de Queiroz; Mónica Cecilia De-La-Torre-Ugarte-Guanilo; Kuitéria Ribeiro Ferreira; Maria Rita Bertolozzi

Objetivou-se analisar potencialidades e limites da estratégia do tratamento supervisionado (DOTS) para a tuberculose, sob a percepção de usuários em tratamento e de trabalhadores de saúde de uma supervisão técnica de saúde do município de São Paulo. Entrevistaram-se 4 usuários e 17 profissionais de saúde de nove unidades básicas de saúde, entre abril e junho de 2006, após consentimento livre e esclarecido. Os depoimentos foram decodificados segundo a técnica de análise de discurso. Adotou-se a teoria da determinação social do processo saúde/doença como referencial teórico. Foram potencialidades: criação de vínculo entre profissional/usuário e incentivos ao tratamento, o que favorece a adesão. Foram limites: restrito envolvimento dos profissionais no DOTS e conciliar horário de trabalho do usuário com a supervisão. Reitera-se que a adesão ao tratamento transcende o âmbito biológico, sendo fundamental que os trabalhadores de saúde reconheçam os usuários como portadores de necessidades, não se restringindo apenas à supervisão da tomada de medicamentos.

Percepções maternas do Cuidado à Criança Sadia

Maternal perceptions on Well Child Care

Yolanda Flores-Peña; Rosario Edith Ortiz-Félix; Velia Margarita Cárdenas-Villarreal

O objetivo do estudo foi analisar o Cuidado à Criança Sadia (CCS) e distinguir se é cuidado baseado nos procedimentos ou cuidado baseado no usuário. Os conceitos do processo de trabalho de enfermagem e micropolítica do trabalho em saúde fundamentaram o presente estudo qualitativo. Realizou-se observação sistemática direta de 87 atenções de CCS em uma Unidade de Medicina Familiar e entrevista semiestruturada a 25 mães que compareceram, junto a seu filho, à atenção de CCS. A saturação dos dados e a compreensão do significado foram os critérios para o número de observações e entrevistas. Aplicou-se a análise temática. Encontrou-se que a atividade está baseada nos procedimentos, o que não pode se considerar CCS. As mães valorizam a atenção integral e solicitam informação relacionada ao crescimento e desenvolvimento de seu filho. Recomenda-se abordar tópicos educativos e estabelecer relação de confiança que permita fornecer cuidado baseado no usuário.

Gestão do conhecimento na saúde: revisão sistemática de literatura

Knowledge management in health: a systematic literature review

Elyrose Sousa Brito Rocha; Patricia Nagliate; Claudia Elisangela Bis Furlan; Kerson Rocha Jr; Maria Auxiliadora Trevizan; Isabel Amélia Costa Mendes

O conhecimento tem sido utilizado como recurso no planejamento de ações inteligentes e eficazes nas organizações. O interesse em investigar processos de gestão do conhecimento vem se intensificando nas diversas áreas. Esta revisão sistemática da literatura foi norteada pela questão: quais as contribuições das publicações em periódicos nacionais e internacionais sobre gestão do conhecimento na saúde? A amostra totalizou 32 itens que se enquadraram nos critérios de inclusão deste estudo. Os resultados mostraram que 78% dos periódicos que publicaram sobre o assunto são internacionais, 77% dos pesquisadores atuam em ensino superior e 65% possuem título de doutor. Os textos originaram cinco categorias temáticas, sendo as principais: desenvolvimento de sistemas de gestão do conhecimento em saúde (37,5%), discussões sobre a aplicação da gestão do conhecimento em saúde (28,1%) e função do enfermeiro na gestão do conhecimento (18,7%).

Tempo de assistência de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva: avaliação dos parâmetros propostos pela Resolução COFEN nº293/04

Nursing care time in the Intensive Care Unit: evaluation of the parameters proposed in COFEN Resolution Nº 293/04

Fernanda Maria Togeiro Fugulin; Ana Cristina Rossetti; Carolina Martins Ricardo; João Francisco Possari; Maria Cristina Mello; Raquel Rapone Gaidzinski

O estudo teve por objetivo avaliar os parâmetros preconizados pela Resolução COFEN nº293/04, enquanto referência para o dimensionamento de pessoal de Enfermagem em e Terapia Intensiva Adulto (UTIA). A pesquisa foi desenvolvida em seis hospitais da cidade de São Paulo. Os quantitativos médios diários de profissionais, necessários para o atendimento dos pacientes, foram calculados conforme parâmetros preconizados pelo COFEN. Os resultados obtidos foram comparados ao quantitativo diário de pessoal existente nessas unidades. Observou-se que as proporções recomendadas pelo COFEN, para a categoria enfermeiro, são superiores às utilizadas pelos hospitais estudados, configurando-se em um desafio para a Enfermagem brasileira. Constatou-se que os valores referentes aos tempos médios de assistência são adequados e constituem importante referencial para o dimensionamento do quantitativo mínimo de profissionais, nas UTIAs. Com este estudo, evidenciaram-se contribuições para a validação dos parâmetros indicados pela Resolução COFEN nº293/04, para o dimensionamento de pessoal de Enfermagem em UTIA.

A incontinência urinária no puerpério e o impacto na qualidade de vida relacionada à saúde

Urinary incontinence in the puerperium and its impact on the health-related quality of life

Lígia da Silva Leroy; Maria Helena Baena de Moraes Lopes

Trata-se de estudo caso-controle que avaliou se a incontinência urinária (IU) no puerpério compromete a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) e em quais aspectos. Incluíram-se 344 puérperas (77 casos e 267 controles) com até 90 dias pós-parto, que compareceram ao ambulatório de obstetrícia de um hospital público e de ensino, para revisão pós-parto. Aplicou-se questionário formulado e validado para o estudo, o International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short -Form (ICIQ-SF), o King´s Health Questionnaire (KHQ) e o Medical Outcomes Study 36 - Item Short Form Health Survey (SF-36). O escore médio do ICIQ-SF foi 13,9 (dp=3,7). Casos apresentaram pontuação média elevada nos domínios impacto da incontinência, emoções, limitações de atividades diárias e limitações físicas do KHQ. Os grupos diferiram significativamente nos domínios aspectos físicos, dor, estado geral de saúde, vitalidade, aspectos sociais e saúde mental do SF-36. Conclui-se que a IU afeta significativamente a saúde física e mental de puérperas.

Os papéis ocupacionais de mulheres com anorexia nervosa

The occupational roles of women with anorexia nervosa

Leila Maria Quiles-Cestari; Rosane Pilot Pessa Ribeiro

O objetivo desta pesquisa foi compreender como se configuram os papéis ocupacionais de pessoas com anorexia nervosa. A casuística foi composta por 11 mulheres adultas, diagnosticadas em tratamento no grupo de assistência em transtornos alimentares de um hospital de Ribeirão Preto, Brasil, e por um grupo-controle. Foram coletados dados sociodemográficos, antropométricos e aplicada a Lista de Identificação de Papéis Ocupacionais. Os resultados mostraram que houve alteração significativa nas mulheres com anorexia nervosa, com perda de papéis em relação ao padrão de desempenho do papel de trabalhador, voluntário, amigo e passatempo/amador, corroborando os prejuízos psicossociais decorrentes desse transtorno mental. A avaliação dos papéis ocupacionais no tratamento dos transtornos alimentares é estratégia importante para o planejamento de atividades de Terapia Ocupacional, fornecendo subsídios para a construção de espaços mais saudáveis, onde o fazer cria possibilidades de resgate dos papéis ocupacionais, independência e autonomia.

Atividade física como indicador preditivo para incapacidade funcional em pessoas idosas

Physical activity as an indicator of predictive functional disability in elderly

Jair Sindra Virtuoso Júnior; Sheilla Tribess; Thais Reis Silva De Paulo; Cristiane Alves Martins; Vicente Romo-Perez

Para analisar o tempo despendido em atividades físicas, nos sexos feminino e masculino, como preditor da ausência da incapacidade funcional em idosos, procedeu-se ao estudo transversal com 624 indivíduos. Foram construídas curvas Receiver Operating Characteristic (ROC) e comparadas às áreas de atividade física, por sexo e à ausência da incapacidade funcional. Identificaram-se pontos de corte de atividade física (minutos/semana) para predizer a ausência de incapacidade funcional (IC 95%). Encontrou-se maior área sob a curva ROC para o tempo despendido em atividades físicas no sexo feminino. Observou-se que 280 minutos/semana (mulheres) ou 410 minutos/semana (homens) foram os melhores pontos de corte para predizer a ausência de incapacidade funcional. O tempo despendido em práticas de atividades físicas pode servir como importante indicador para seleção de grupos prioritários, visando determinadas intervenções.

O papel do pesquisador como produtor e avaliador de artigos científicos

The role of the researcher as a producer and reviewer of scientific papers

Maria Helena Palucci Marziale

Prevalência do diagnóstico de enfermagem de débito cardíaco diminuído e valor preditivo das características definidoras em pacientes em avaliação para transplante cardíaco

Prevalence of nursing diagnosis of decreased cardiac output and the predictive value of defining characteristics in patients under evaluation for heart transplant

Lígia Neres Matos; Tereza Cristina Felippe Guimarães; Marcos Antônio Gomes Brandão; Deyse Conceição Santoro

Este estudo teve como propósito identificar a prevalência das características definidoras do débito cardíaco diminuído (DCD), em indivíduos com insuficiência cardíaca em avaliação para transplante cardíaco, e verificar a chance de as características definidoras serem fatores preditivos para a existência de diminuição no débito cardíaco. Os dados foram obtidos por análise documental retrospectiva de registros clínicos de cateterismo cardíaco direito em 38 pacientes, entre 2004 e 2009. Os resultados mostraram que 71,1% dos pacientes tiveram redução do débito cardíaco (medida pelo índice cardíaco). A maioria das características definidoras da NANDA-International para DCD foi mais frequente em indivíduos com redução do índice cardíaco. Destacam-se como razões de chances (odds ratio/OR) a resistência vascular sistêmica aumentada OR=4,533, a terceira bulha OR=3,429 e a fração de ejeção diminuída OR=2,850. Com a obtenção do valor preditivo das características definidoras, o estudo aponta as mesmas como indicativas do diagnóstico de débito cardíaco diminuído.

Os significados da morte e do morrer: a perspectiva de usuários de crack

The meanings of death and dying: the perspective of crack users

Fernando José Guedes da Silva Júnior; Claudete Ferreira de Souza Monteiro

O consumo de crack pode constituir-se em forma inautêntica da existência que leva a pessoa a viver de forma imprópria o ser-para-a-morte. Diante dessa realidade, objetivou-se compreender o significado da morte e do morrer para o usuário de crack e desvelar os sentidos atribuídos a esses significados. Realizou-se pesquisa qualitativa, fundamentada no método fenomenológico, com 12 usuários de crack, em processo terapêutico, em um Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas (CAPSad), no período de fevereiro a abril de 2011, em Teresina, Piauí. Os resultados mostram que a morte é significada, onticamente, por companheira, parceira, passagem, viagem e pelo próprio crack. Conclui-se que esse significado expressa uma vivência inautêntica, direcionada ao convívio incessante do crack, acompanhada por sentimento de nulidade e descompromisso relacional.

A rede social de crianças com necessidades especiais de saúde na (in)visibilidade do cuidado de enfermagem

The social network of children with special healthcare needs in the (in)visibility of nursing care

Juliana Rezende Montenegro Medeiros de Moraes; Ivone Evangelista Cabral

Objetivou-se, aqui, identificar a (in)visibilidade do cuidado de enfermagem e discutir os modos de (des)articulação desse cuidado com o cuidado familial, na rede social de crianças com necessidades especiais de saúde. Trata-se de pesquisa qualitativa com profissionais de saúde de um hospital pediátrico de quatro unidades do Programa Médico de Família (PMF), e familiares residentes em Niterói, RJ. Operacionalizou-se o trabalho de campo após aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisa (HESFA/EEAN), tendo esse trabalho se constituído de cinco entrevistas individuais semiestruturadas e duas dinâmicas grupais. A Análise Crítica do Discurso apontou que o cuidado de enfermagem é visível na rede social da criança pelas atividades cuidativas e educativas da enfermeira e pela visita domiciliar do auxiliar de enfermagem do PSF. Devido a falhas na referência e contrarreferência do sistema de saúde, a mãe articula a rede e não o serviço de saúde; portanto, a reorganização do sistema, no Estado, promoveria redes sociais menos desgastantes para seus familiares.

Avaliação de qualidade de vida no contexto dos cuidados paliativos: revisão integrativa de literatura

Evaluation of quality of life in a palliative care context: an integrative literature review

Fernanda Ribeiro Correia; Marysia Mara Rodrigues do Prado De Carlo

O uso de escalas padronizadas e validadas para diferentes culturas é de grande utilidade na identificação de demandas e implementação de atenção mais adequada no campo dos cuidados paliativos. Esta revisão integrativa de literatura científica teve como foco os instrumentos de avaliação de qualidade de vida de pacientes em cuidados paliativos, através da busca de publicações em periódicos indexados em bases eletrônicas de dados. O material do estudo constituiu-se de 49 artigos identificados na base de dados MEDLINE/PubMed, sendo que 18 atenderam os critérios de inclusão previamente definidos. Na análise dos dados, foram apresentadas informações referentes às publicações dos estudos selecionados, sendo posteriormente categorizados, com maior ênfase na análise das propriedades psicométricas das validações da escala Palliative Outcome Scale, realizadas em três países. Esta revisão permitiu a identificação de instrumentos de avaliação já desenvolvidos e validados às diferentes culturas, possibilitando ampliar conhecimentos nesse campo.

Incidência de úlceras por pressão após a implementação de um protocolo de prevenção

The incidence of pressure ulcers after the implementation of a prevention protocol

Noemi Marisa Brunet Rogenski; Paulina Kurcgant

As úlceras por pressão, ainda hoje, representam sério problema de saúde, em particular nas unidades de terapia intensiva. O objetivo deste trabalho foi o de avaliar a implementação de um protocolo de prevenção de úlceras por pressão, em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva. Como método, foi usado o estudo prospectivo, descritivo e exploratório em que se analisa a incidência de úlcera por pressão após a implementação de um protocolo de prevenção. Os dados foram coletados no período compreendido entre 17 de abril e 15 de julho de 2009. Vê-se, nos resultados, que a incidência encontrada nesse estudo (23,1%) mostrou-se inferior àquela apontada em estudo similar, desenvolvido na mesma instituição (41,02%), antes da implementação dos protocolos de avaliação de risco e prevenção de úlcera por pressão. Pode-se concluir que os protocolos de prevenção são ferramentas fundamentais e de impacto no controle da incidência de úlcera por pressão, quando utilizados sistematicamente.

Presença de lesões intraepiteliais de alto grau entre mulheres privadas de liberdade: estudo documental

Presence of high-grade intraepithelial lesions among women deprived of their liberty: a documental study

Paula Renata Amorim Lessa; Samila Gomes Ribeiro; Diego Jorge Maia Lima; Ana Izabel Oliveira Nicolau; Ana Kelve de Castro Damasceno; Ana Karina Bezerra Pinheiro

Objetivou-se analisar os resultados dos exames citopatológicos de mulheres privadas de liberdade. Estudo documental, retrospectivo, com abordagem quantitativa, desenvolvida em uma penitenciária feminina do Ceará, Brasil, com amostra de 672 prontuários. Quanto aos achados microbiológicos, foi verificado que a principal colonização cérvico-vaginal foram os bacilos sugestivos de Gardnerella/Mobiluncus com 21,8%, seguidos de Trichomonas vaginalis 12,% e Candida sp em 5,8%. As frequências de amostras com atipias celulares mostraram índices de 4,1% para atipias de significado indeterminado; lesões intraepiteliais de baixo grau 3,2% e lesões intraepiteliais de alto grau 2,5%. Conclui-se sobre a importância do rastreio do câncer cervical nos presídios femininos, bem como a inserção do enfermeiro nesse ambiente, garantindo cuidado individualizado e de qualidade para as mulheres privadas de liberdade.

Prevalência de doenças musculoesqueléticas entre trabalhadores portuários avulsos

The prevalence of musculoskeletal diseases among casual dock workers

Marlise Capa Verde de Almeida; Marta Regina Cezar-Vaz; Jorgana Fernanda de Souza Soares; Mara Regina Santos da Silva

O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência de doenças musculoesqueléticas relacionadas ao trabalho, entre trabalhadores portuários avulsos. É estudo quantitativo, retrospectivo. A fonte de dados constituiu-se de fichas de atendimento médico dos trabalhadores portuários avulsos, no período de 2000 a 2009. A coleta de dados foi realizada em um serviço de medicina do trabalho portuário, a partir de formulário pré-determinado. Procedeu-se à análise quantitativa descritiva. Aspectos éticos foram respeitados. Identificaram-se 15,8% de diagnósticos de doenças osteomusculares, entre trabalhadores do sexo masculino. Predominaram indivíduos com mais de 52 anos de idade e com tempo de atuação laboral superior a 21 anos. As doenças osteomusculares prevalentes foram lombalgias (38,8%), tendinites (19,7%) e cervicalgias (12,5%), que podem ser prevenidas por meio de ações interventoras em saúde, ratificando a importante construção de subsídios clínicos em enfermagem para a qualidade do trabalho portuário.

Características da violência contra a criança em uma capital brasileira

Characteristics of violence against children in a Brazilian Capital

Maíra Rosa Apostólico; Caroline Rife Nóbrega; Rebeca Nunes Guedes; Rosa Maria Godoy Serpa da Fonseca; Emiko Yoshikawa Egry

Trata-se de estudo exploratório, descritivo, retrospectivo, de abordagem quantitativa, com o objetivo de caracterizar a violência contra a criança em Curitiba, PR, dar visibilidade ao problema e subsidiar novas políticas públicas e ações na Atenção Básica. Foram analisados relatórios de 2004 a 2008 das notificações obrigatórias dos casos de violência. Os resultados mostraram o aumento da violência, a violência doméstica como a mais frequente, a faixa de 5 a 9 anos de idade a mais atingida e a negligência e violência física as formas mais notificadas. Cerca de 81% da violência sexual é praticada contra meninas e o principal agressor é o pai, mostrando a desigualdade nas relações de gênero e geração. Ressalta-se a importância da notificação como instrumento de visibilidade. Outras medidas de enfrentamento são necessárias como a promoção de relações equitativas de gênero e geração e políticas transversais que incluam os setores sociais em uma práxis transformadora da realidade.

Avaliação da normatização da preparação pré-cirúrgica em uma rede regional de hospitais

Assessment of protocols for surgical-site preparation in a regional network of hospitals

Maria Dolores Peñalver-Mompeán; Pedro Jesus Saturno-Hernández; Yadira Fonseca-Miranda; Zenewton André da Silva Gama

A infecção do sítio cirúrgico é evento adverso, possível de prevenir mediante a implementação de boas práticas de preparação pré-cirúrgica. Este estudo teve por objetivo descrever a existência e qualidade da protocolização da preparação pré-cirúrgica em uma rede regional de hospitais públicos de Múrcia, Espanha. Avaliou-se o indicador Existência de protocolo/norma de preparação pré-cirúrgica, analisando-se a qualidade formal (atributos) e de conteúdo (presença de recomendações baseadas em evidência) dos documentos existentes. Sete (de nove) hospitais comprovaram que tinham protocolos de preparação pré-cirúrgica. Identificaram-se oportunidades de melhoria da qualidade formal e de conteúdo dos protocolos. As recomendações sobre assepsia estavam incompletas na maioria dos documentos, e aquelas de eliminação do pelo mostraram-se contrárias à evidência. A preparação pré-cirúrgica está protocolizada na maioria dos hospitais, mas a qualidade dos protocolos é deficiente, assim como a padronização das práticas baseadas em evidência.

Acidentes de trabalho e suas repercussões num hospital ao Norte de Portugal

Accidents at work and its impact on a hospital in Northern Portugal

Matilde Delmina da Silva Martins; Norberto Anibal Pires da Silva; Teresa Isaltina Gomes Correia

Com o objetivo de descrever os acidentes de trabalho num hospital ao Norte de Portugal e analisar as suas principais repercussões, no período de 2008 a 2010, realizou-se este estudo transversal retrospectivo. A informação foi obtida recorrendo-se ao registro de notificação dos acidentes de trabalho, referentes a 387 trabalhadores. A maior prevalência de acidentes recaiu nos técnicos superiores de saúde (56,1%), em trabalhadores do gênero feminino (81,9%), no grupo etário entre 30 e 39 anos (37,2%), com escolaridade superior ao 12º ano (55,8%), trabalhando por turnos (72,4%) e nos serviços de internamento (35,9%). A principal causa de acidentes foi a picada de agulha (45,7%) e a lesão mais prevalente verificou-se nos membros superiores (43,2%). As feridas representaram o tipo de lesão mais frequente (32,6%), resultando em ausência ao trabalho (27,4%), sendo as entorses/distensões o principal motivo. Estratégias preventivas devem ser adotadas objetivando a promoção da saúde desses profissionais.

Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares

An analysis of risk factors for arterial hypertension in adolescent students

Jonathan Veloso Costa; Ana Roberta Vilarouca da Silva; Ionara Holanda de Moura; Rumão Batista Nunes de Carvalho; Lais Evêncio Bernardes; Paulo César de Almeida

O objetivo do estudo foi avaliar alguns fatores de risco para aumento dos níveis de pressão arterial sistêmica. Trata-se de estudo transversal, desenvolvido com 145 indivíduos de 12 a 18 anos, de duas escolas públicas da cidade de Picos, PI. A maioria era composta por mulheres (62,8%). A média de idade foi de 14,8 anos (±3,19). Verificou-se que 13 (9,0%) apresentavam excesso de peso [IC% 73,0-86,0]. Elevações da circunferência abdominal foram encontradas em 31 (21,4%), e 76 (52,4%) tinham elevação nos níveis de pressão arterial. Não houve associação estatisticamente significante dos fatores de risco investigados citados anteriormente com o sexo (p=0,088; 0,999; 0,204, respectivamente). No entanto, 44,8% dos adolescentes tinham pelo menos um fator, 15,9% dois e 2,1%, três fatores associados indicativos de hipertensão arterial. Confirma-se a influência de fatores de risco sobre os valores da pressão arterial em adolescentes. Diante do conhecimento desses fatores, a enfermagem poderá intervir com medidas de educação em saúde.

Qualidade de vida de indivíduos com Parkinson e sua relação com tempo de evolução e gravidade da doença

Quality of life of a person with Parkinson's disease and the relationship between the time of evolution and the severity of the disease

Fabiana Magalhães Navarro-Peternella; Sonia Silva Marcon

A doença de Parkinson pode ser incapacitante e prejudicar a qualidade de vida de seus portadores. O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade de vida de indivíduos com Parkinson e identificar relações com o tempo de evolução e gravidade da doença. Os dados foram coletados na cidade de Maringá, PR, Brasil, com 40 indivíduos cadastrados na Associação Maringaense de Parkinson, por meio da aplicação de três instrumentos: questionário sociodemográfico, escala de Hoenh e Yahr e PDQ-39. De acordo com o PDQ-39, os homens referiram pior qualidade de vida, embora sem diferenças estatísticas entre os sexos. Diferenças foram observadas apenas na dimensão "atividades de vida diária" e "apoio social", com os homens apresentando maior acometimento e "bem-estar emocional" e "desconforto corporal", com maior comprometimento entre as mulheres. Por outro lado, a gravidade da doença apresentou tendência a pior percepção na qualidade de vida nas dimensões atividades de vida diária e cognição, pontos relevantes para melhor orientação clínica e intervenção.

O receptor de aerobactina IutA, uma proteína isolada em coluna de agarose, não é essencial para a infecção por Escherichia coli uropatogênica

The ferric aerobactin receptor IutA, a protein isolated on agarose column, is not essential for uropathogenic Escherichia coli infection

Taise Natali Landgraf; Alan Berlese; Fabricio Freitas Fernandes; Mariani Lima Milanezi; Roberto Martinez; Ademilson Panunto-Castelo

Apenas alguns relatos na literatura demonstram que lectinas são importantes nos processos de colonização e infecção por Escherichia coli. A falta de compreensão clara dos mecanismos envolvendo lectinas, no processo de colonização por E. coli, motivou a realização deste estudo para se identificar a presença de outras lectinas não descritas em E. coli. Neste trabalho, isolou-se uma proteína de 75kDa de E. coli em coluna de Sepharose, correspondente ao receptor de aerobactina férrica (IutA). A associação de IutA com virulência de cepas de E. coli é controversa, principalmente em E. coli uropatogênica (UPEC), o que levou a se avaliar a presença do gene iutA em UPECs isoladas de pacientes com infecção urinária. O gene estava presente em 38% dos isolados, sugerindo fraca associação com virulência. Devido à existência de redundância nos sistemas de captura de ferro, sugere-se, aqui, que IutA possa ser vantajosa, mas não essencial para UPEC.

Hipersensibilidade ao látex no período perioperatório: revisão integrativa da literatura

Perioperative latex hypersensitivity reactions: an integrative literature review

Aline Nair Biaggio Mota; Ruth Natalia Teresa Turrini

Este estudo teve por objetivo caracterizar as reações de hipersensibilidade ao látex em procedimentos anestésico-cirúrgicos. Foi realizada revisão integrativa da literatura nas bases LILACS, CINAHL, COCHRANE e MEDLINE, com seleção de artigos publicados em periódicos indexados de 1966 a setembro de 2011. Foram identificados 17 relatos de caso, dois estudos de prevalência e um de coorte. As reações ao látex foram majoritariamente do tipo III, e a principal fonte desencadeadora de reações no intraoperatório foram as luvas de látex; o tempo médio para manifestação da reação foi de 59,8 minutos após a indução anestésica; 44,4% dos pacientes relataram episódio de reação ao látex na avaliação pré-anestésica. Identificou-se que a história de episódios de reações a materiais de borracha, ou alimentos, na avaliação pré-anestésica não garante a segurança dos pacientes, se o profissional não estiver alerta à gravidade do problema; no caso de ocorrência de um evento anafilactoide, os profissionais tendem a suspeitar inicialmente dos medicamentos anestésicos.

Sintomas de depressão nos pacientes com câncer de cabeça e pescoço em tratamento radioterápico: um estudo prospectivo

Symptoms of depression in patients with cancer of the head and neck undergoing radiotherapy treatment: a prospective study

Juliana Maria de Paula; Helena Megumi Sonobe; Adriana Cristina Nicolussi; Márcia Maria Fontão Zago; Namie Okino Sawada

Este estudo teve como objetivo identificar a frequência dos sintomas de depressão nos pacientes com câncer de cabeça e pescoço, em tratamento radioterápico, no início, meio e final do tratamento. Trata-se de estudo exploratório prospectivo, com abordagem quantitativa, de 41 pacientes com câncer de cabeça e pescoço, em tratamento radioterápico no Ambulatório de Oncologia do Hospital Beneficência Portuguesa de Ribeirão Preto. Os dados foram coletados por meio do instrumento inventário de depressão de Beck, e analisados de modo quantitativo, por meio do programa Statistical Package of Social Science. Conclui-se que os sintomas de disforia aumentaram ao longo do tratamento, assim como o número de pacientes com depressão. Os resultados mostram a importância de os profissionais da saúde detectarem a prevalência e os níveis dos sintomas de depressão, uma vez que esses sintomas tendem a aumentar, podendo levar a consequências como falta de aderência ao tratamento e diminuição da qualidade de vida desses pacientes.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br