JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número: V21N1

Artigos Originais

A vacinação contra hepatite B é realidade entre trabalhadores da Atenção Primária à Saúde?

Is vaccination against hepatitis B a reality among Primary Health Care workers?

Fernanda Marques da Costa; Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins; Pedro Eleutério dos Santos Neto; Duran Nunes de Pinho Veloso; Vilma Soares Magalhães; Raquel Conceição Ferreira

OBJETIVO: verificar a prevalência e os fatores associados à vacinação contra hepatite B entre trabalhadores da Atenção Primária à Saúde de Montes Claros, MG. MÉTODO: trata-se de estudo transversal, analítico, cujos dados foram coletados utilizando um formulário, contendo variáveis sociodemográficas, ocupacionais, de saúde geral e comportamentais. Associações foram investigadas por análises bivariadas e regressão de Poisson multivariada, empregando-se o programa SPSS 17.0. RESULTADOS: a questão sobre vacinação foi respondida por 95,5% dos trabalhadores; 47,5% não completaram o esquema vacinal. A prevalência dos vacinados foi menor entre os mais velhos, nos contratados, entre os que não participaram de atualização na área de saúde do trabalhador e naqueles que consumiam bebidas alcoólicas. Foi maior naqueles com mais anos de estudo e nos que relataram contato com instrumentos perfurocortantes. CONCLUSÕES: a formação profissional, o conhecimento e a percepção do risco de infecção são importantes na determinação da vacinação. Sugere-se que a instabilidade no trabalho pode levar à negligência e que os comportamentos negligentes se repetem. A caracterização dos profissionais que não se vacinaram direcionará ações educativas, visando a saúde do trabalhador.

Sofrimento moral no cotidiano da enfermagem: traços ocultos de poder e resistência

Moral distress in everyday nursing: hidden traces of power and resistance

Edison Luiz Devos Barlem; Valéria Lerch Lunardi; Guilherme Lerch Lunardi; Jamila Geri Tomaschewski-Barlem; Rosemary Silva da Silveira

OBJETIVO: conhecer as estratégias de resistência adotadas por trabalhadores de enfermagem, diante de situações de enfrentamento do sofrimento moral, numa perspectiva ética. MÉTODO: realizou-se pesquisa qualitativa, mediante entrevistas semiestruturadas, com quinze trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário do extremo Sul do Brasil, através de análise textual discursiva e referencial teórico foucaultiano. RESULTADOS: foram construídas duas categorias: negação de si e do outro - em que se percebe que os trabalhadores de enfermagem podem executar ações que se pautam predominantemente por imobilismo e conformismo, evitando enfrentamentos de quem representa o poder, nas situações que lhes provocam sofrimento moral; possibilidade de cuidado de si e do outro - em que os trabalhadores de enfermagem, diante de situações que lhes provocam sofrimento moral, exercem poder e resistência. CONCLUSÃO: percebe-se que alguns profissionais parecem utilizar estratégias de enfrentamento éticas, de modo a assegurar e preservar valores profissionais. No entanto, muitas vezes, a opção de alguns profissionais de enfermagem pode recair no imobilismo e na ausência de construção de estratégias de resistência. Essa situação pode representar o seu reduzido exercício de poder e insuficiente resistência, ante os problemas éticos, contribuindo, assim, para intensificar sua invisibilidade na área da saúde.

Necessidades de cuidados e carga de trabalho de enfermagem a pacientes psiquiátricos institucionalizados

Care needs and workload required by institutionalised psychiatric patients

Helena Ayako Mukai; Marli de Carvalho Jericó; Márcia Galan Perroca

OBJETIVOS: este estudo descritivo, de abordagem quantitativa, teve como propósito investigar as necessidades de cuidados de enfermagem de pacientes com transtornos mentais, as horas médias de assistência dispensadas e a carga de trabalho da equipe de enfermagem. MÉTODO: foi conduzido em um hospital neuropsiquiátrico público, localizado na Região Sudeste do Brasil, no ano 2010, tendo como sujeitos 105 pacientes. Para caracterizar o perfil assistencial foi aplicado um instrumento de classificação de pacientes. O tratamento estatístico foi realizado por meio de Análise de Componentes Principais e Análise de Variância. RESULTADOS: houve predomínio de pacientes na categoria de cuidados discreta (73,3%). As horas médias de assistência variaram de 0,57 a 0,88 (enfermeiros) e de 1,97 a 3,16 (auxiliares de enfermagem) e a carga de trabalho de 119,6 a 183 horas. CONCLUSÕES: este estudo evidenciou que a demanda por cuidados da maioria dos pacientes era em nível de dependência discreta e que não necessitariam estar institucionalizados. Ainda, que as horas de assistência dispensadas pela equipe de enfermagem estavam insuficientes para atender as necessidades cuidativas dos pacientes.

Avaliação de uma tecnologia educacional para a avaliação clínica de recém-nascidos prematuros

Evaluation of an educational technology regarding clinical evaluation of preterm newborns

Luciana Mara Monti Fonseca; Natália Del'Angelo Aredes; Adriana Moraes Leite; Claudia Benedita dos Santos; Regina Aparecida Garcia de Lima; Carmen Gracinda Silvan Scochi

OBJETIVO: Avaliar um programa de computador educacional, a partir da visão dos alunos, desenvolvido como uma ferramenta para auxiliar professores e estudantes no ensino e aprendizagem sobre o tema enfermagem neonatal. MÉTODO: O estudo consiste na avaliação de conteúdo e das simulações contempladas no programa de computador. No total, participaram 57 graduandos em enfermagem vinculados a cinco universidades públicas brasileiras. RESULTADOS: A avaliação de impressão geral do software foi altamente satisfatória, sendo que 82,4% da amostra caracterizaram o programa de computador como muito importante para o ensino. A maior parte do conteúdo foi avaliada como boa ou muito boa. Foram consideradas as sugestões e comentários dos participantes como cruciais para o aprimoramento e adequação do software em sua nova versão. CONCLUSÃO: Os resultados mostram que o produto está adequado para ser utilizado no ensino de enfermagem neonatal e capacitação de enfermeiros sobre a semiotécnica e semiologia do recém-nascido pré-termo, inserido no referencial pedagógico das metodologias ativas.

Adaptação transcultural e validação para o português brasileiro do Stanford Presenteeism Scale para avaliação do presenteísmo

Transcultural adaptation and validation of the Stanford Presenteeism Scale for the evaluation of presenteeism for Brazilian Portuguese

Heloisa Campos Paschoalin; Rosane Harter Griep; Márcia Tereza Luz Lisboa; Diana Corrêa Bandeira de Mello

OBJETIVO: descrever o processo de adaptação transcultural e validação para o português brasileiro do Stanford Presenteeism Scale. MÉTODOS: trata-se de estudo metodológico de adaptação cultural e validação de instrumento que envolveu 153 trabalhadores de enfermagem, incluindo seis aspectos de equivalência, obtidos pelas seguintes etapas: tradução, primeira versão de consenso, retrotradução, comitê de especialistas, pré-teste, estudo de confiabilidade teste/reteste e validade dimensional. RESULTADOS: a estabilidade dos itens variou de moderado a quase perfeito e da escala foi quase perfeito. Dois fatores foram identificados pela análise fatorial exploratória: o primeiro incluiu os aspectos físicos - trabalho finalizado e o segundo incluiu os aspectos psicológicos - distração evitada. CONCLUSÕES: os resultados sugerem adequação do instrumento na versão em português brasileiro, indicando seu uso no contexto da população de estudo e em populações semelhantes, contribuindo para o estudo de evidências que embasem estratégias que favoreçam as condições de saúde dos trabalhadores.

Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas

Prevalence and factors associated with alcohol use among pregnant adolescents

Lorena Uchôa Portela Veloso; Claudete Ferreira de Souza Monteiro

OBJETIVO: identificar o uso de álcool e os fatores associados em adolescentes grávidas do município de Teresina, PI. MÉTODO: trata-se de estudo transversal com 256 adolescentes grávidas, cujos dados obtidos foram por meio de formulários com questões referentes às variáveis socioeconômicas, gestacionais e características do consumo de álcool e aplicação do Alcohol Use Desorders Identification Test, instrumento desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, para rastreio do uso excessivo de álcool. Realizou-se análise estatística descritiva, teste qui-quadrado e Odds Ratio. RESULTADOS: o estudo aponta prevalência de 32,4% para o uso de álcool na gestação em adolescentes. Dessas, 36,1% possuíam escore compatível com uso de risco. Os fatores associados ao maior risco de uso de álcool na gestação são: não possuir companheiro, renda inferior a 1 salário-mínimo, não ter religião, realizar até 3 consultas de pré-natal, ter sofrido violência e uso de álcool em gestações anteriores. CONCLUSÃO: identificou-se alta prevalência do consumo de álcool em adolescentes grávidas e diversos fatores de risco envolvidos nesse processo. Esses dados refletem a necessidade de utilização, pelo enfermeiro, de tecnologias de rastreio para o consumo de álcool no período gestacional e estratégias de promoção da saúde junto a grupos de adolescentes.

A imagem do cuidado prestado pelas enfermeiras de saúde pública veiculada na Revista da Semana (1929)

The image of care delivery by Public Health Nurses as disseminated in Revista da Semana (1929)

Anna Karina de Matos Deslandes; Simone Aguiar; Mercedes Neto; Fernando Rocha Porto

OBJETIVO: analisar as imagens das enfermeiras de saúde pública na prestação dos cuidados à sociedade, no ano 1929, veiculadas pela Revista da Semana. MÉTODO: estudo histórico-semiótico. Os documentos utilizados foram imagéticos, aos quais foi aplicada uma matriz de análise e escritos, incluindo literatura da moda, linguagem corporal e outras de aproximação com o objeto de estudo. Os dados foram interpretados à luz das noções de representações objetais e hexis corporal do sociólogo Pierre Bourdieu. RESULTADOS: constatou-se que a distinção no uso dos uniformes, para as atividades executadas pelas enfermeiras de saúde pública, era uma estratégia de comunicação não verbal para se fazer ver e fazer crer nas visitas domiciliares. CONCLUSÃO: cabia à enfermeira de saúde pública, em especial, prestar cuidados aos doentes e orientá-los no sentido de se prevenir doenças, em prol do desenvolvimento da qualidade da saúde pública. O estudo teve a intenção de produzir conhecimento sobre registros imagéticos da prática do cuidado realizado pela enfermeira da Escola de Enfermeiras do Departamento Nacional de Saúde Pública, e fortalecer as pesquisas de história da enfermagem em saúde pública, no Brasil, contribuindo para um melhor entendimento do processo de construção da imagem da enfermeira.

Revisão integrativa: evidências na prática do cateterismo urinário intermitente/demora

Integrative review: evidences on the practice of intermittent/indwelling urinary catheterization

Flávia Falci Ercole; Tamara Gonçalves Rezende Macieira; Luísa Cristina Crespo Wenceslau; Alessandra Rocha Martins; Camila Cláudia Campos; Tânia Couto Machado Chianca

OBJETIVO: buscar as melhores evidências disponíveis na literatura sobre o conhecimento produzido e relacionado à técnica de cateterismo urinário intermitente e de demora, para embasar cientificamente o cuidado de enfermagem prestado ao paciente, submetido ao cateterismo urinário, e prevenir infecção do trato urinário. MÉTODO: a busca foi realizada nas bases de dados PubMed e Cochrane para o desenvolvimento da revisão integrativa. A amostra foi composta por 34 artigos. Esses foram analisados por dois pesquisadores independentes, usando-se instrumento adaptado para verificar o nível de evidência e grau de recomendação, além da utilização da escala de Jadad. RESULTADOS: as evidências disponíveis, relacionadas aos cuidados de enfermagem aos pacientes submetidos ao cateterismo urinário, são: a taxa de infecção no trato urinário não altera com a higienização do períneo com água estéril ou não, com o uso de solução de iodo-povidine ou clorexidine, ou aplicando técnica limpa ou estéril. O uso do cateter intermitente com técnica limpa implica em menores taxas de complicações e infecções em comparação com a de demora. A remoção do cateter em até 24 horas após cirurgia e o uso do cateter impregnado com antimicrobiano e de revestimento hidrofílico reduz a incidência de infecção do trato urinário. CONCLUSÕES: existem controvérsias em relação à técnica de higienização periuretral, tipo de material do cateter e alguns procedimentos para a manutenção e remoção do cateter. Os resultados desta revisão representam atualização das condutas e tomada de decisão do enfermeiro para a prevenção de infecção do trato urinário no cateterismo urinário.

Presença de sintomas depressivos em pacientes com primeiro episódio de Síndrome coronariana aguda

Presence of depressive symptoms in patients with a first episode of acute Coronary Syndrome

Carina Aparecida Marosti Dessotte; Fernanda Souza e Silva; Fabiana Bolela; Lidia Aparecida Rossi; Rosana Aparecida Spadoti Dantas

OBJETIVO: comparar possíveis diferenças quanto à presença de sintomas depressivos, segundo o diagnóstico clínico da síndrome coronariana aguda, sexo e faixa etária, uma semana antes do primeiro evento cardíaco. MÉTODO: estudo transversal, descritivo e exploratório, que utilizou o Inventário de Depressão de Beck. A amostra foi composta por 253 pacientes. RESULTADOS: os pacientes com diagnóstico clínico de angina instável, do sexo feminino e com idade inferior a sessenta anos relataram, com maior frequência, a presença de sintomas depressivos. CONCLUSÕES: elevada porcentagem de pacientes apresentava sintomas depressivos no momento da internação pelo primeiro episódio da síndrome coronariana aguda, e essa prevalência foi significativamente maior entre as mulheres, com menos de 60 anos e com angina instável. Esses resultados deverão embasar o atendimento na internação, alta e planejamento da reabilitação desses pacientes, pois se sabe que a depressão dificulta o controle da coronariopatia.

Estratégias de intervenção relativas à saúde dos trabalhadores de enfermagem de hospitais universitários no Brasil

Intervention strategies for the health of university hospital nursing staff in Brazil

Silmar Maria da Silva; Patrícia Campos Pavan Baptista; Vanda Elisa Andrés Felli; Aline Caldas Martins; Leila Maria Mansano Sarquis; Vivian Aline Mininel

OBJETIVO: o objetivo deste estudo foi propor estratégias de intervenção referentes à saúde dos trabalhadores de enfermagem hospitalares. MÉTODO: trata-se de estudo de campo, com abordagem quantiqualitativa, desenvolvido com base em dados coletados por meio do sistema de monitoramento da saúde dos trabalhadores de enfermagem, em sete hospitais públicos e universitários do País. A proposição de estratégias de intervenção considerou as especificidades regionais e as demandas apresentadas pelos profissionais de cada cenário. RESULTADOS: as intervenções foram elaboradas no sentido de atender cada carga de trabalho à qual os trabalhadores de enfermagem estavam expostos, aos processos de desgaste gerados e às estratégias de intervenção nos cenários, respondendo às necessidades do cenário nacional. CONCLUSÃO: a monitoração da saúde dos trabalhadores de enfermagem representa um ponto de partida para a construção de estratégias direcionadas ao perfil de adoecimento de cada realidade.

Validação aparente e de conteúdo da escala de autoeficácia materna para prevenção da diarreia infantil

Apparent and content validation of maternal self-efficiency scale for prevention of childhood diarrhea

Emanuella Silva Joventino; Mônica Oliveira Batista Oriá; Namie Okino Sawada; Lorena Barbosa Ximenes

OBJETIVO: descrever a validação aparente e de conteúdo da escala de autoeficácia materna para a prevenção da diarreia infantil. MÉTODO: este é um estudo metodológico com realização da validação aparente e de conteúdo por sete juízes; da análise semântica, por 30 mães de crianças menores de 5 anos e do pré-teste, por 31 mães, selecionadas por conveniência. Considerou-se necessária uma concordância de pelo menos 70% entre os juízes para a validação aparente e o mínimo de 80% para a pertinência e índice de validade de conteúdo. RESULTADOS: verificou-se que a maioria dos itens foi considerada clara/compreensível e pertinente pelos juízes. O índice de validade de conteúdo final da escala foi de 0,96. As sugestões das mães foram acatadas. CONCLUSÃO: a escala ficou com 25 itens e dois domínios (higiene da família e práticas alimentares/gerais), que avaliam a autoeficácia materna para prevenir diarreia em seus filhos, contribuindo para o planejamento das intervenções de enfermagem.

Dimensionamento de pessoal de enfermagem de uma unidade neonatal: utilização do Nursing Activities Score

Assessment of a neonatal unit nursing staff: application of the Nursing Activities Score

Bruna Kosar Nunes; Edi Toma

OBJETIVO: propõe-se, neste estudo, analisar a carga de trabalho de enfermagem dos setores de uma unidade neonatal, através do Nursing Activities Score - NAS, e calcular o quantitativo ideal da equipe, comparando-o com a atual. MÉTODO: o instrumento NAS foi aplicado em todos os recém-nascidos internados por, no mínimo, 24 horas; a somatória dos pontos do NAS forneceu a carga de trabalho da unidade, a qual foi utilizada para o cálculo do dimensionamento da equipe, por meio de equação matemática. RESULTADOS: o setor de baixo risco apresentou carga de trabalho de 267 medidas NAS, e defasagem de 8,8 profissionais diariamente; o médio risco, carga de 446,7, e defasagem de 22,3; o alto risco, carga de 359, e déficit de 17,9; o setor isolamento, demanda de 609, e defasagem de 18,2 e UTI, 568,6 de carga, com déficit de 16,1 funcionários. CONCLUSÃO: o estudo revelou defasagem importante de profissionais em relação à elevada demanda de trabalho à qual estão submetidos diariamente. A aplicação do Nursing Activities Score, em unidades neonatais, contribui na avaliação da carga de trabalho e dimensionamento da equipe de enfermagem.

Utilização de um modelo experimental para estudo sobre o toque terapêutico

Using an experimental model for the study of therapeutic touch

Daniella Soares dos Santos; Ilda Estéfani Ribeiro Marta; Evelin Capellari Cárnio; Andreza Urba de Quadros; Thiago Mattar Cunha; Emilia Campos de Carvalho

OBJETIVO: verificar se o modelo de edema de pata pode ser utilizado nas investigações acerca dos efeitos do toque terapêutico sobre a inflamação, mensurando-se as variáveis dor, edema e migração de neutrófilos. MÉTODO: trata-se de estudo piloto, experimental, com 10 camundongos machos da mesma linhagem genética, divididos em grupo experimental e controle, submetidos à indução química de inflamação local na pata direita traseira. O grupo experimental recebeu uma aplicação diária de toque terapêutico com duração de quinze minutos, por três dias. RESULTADOS: os dados evidenciaram diferenças estatisticamente significativas no limiar nociceptivo e na circunferência das patas dos animais do grupo experimental, no segundo dia do experimento. CONCLUSÃO: o modelo de experimento com animal pode contribuir para o estudo dos efeitos do toque terapêutico sobre a inflamação. Sugere-se ajuste no tempo de exposição, número de sessões e tempo de duração do experimento.

Análise psicométrica da escala de predisposição à ocorrência de eventos adversos no cuidado de enfermagem em UTI

Psychometric analysis of the scale for the predisposition to the occurrence of adverse events in nursing care provided in ICUS

William Mendes Lobão; Igor Gomes Menezes

OBJETIVO: apresentar os resultados do estudo de validade e fidedignidade da Escala de Predisposição à Ocorrência de Eventos Adversos (EPEA). MÉTODO: o estudo da validade de construto ocorreu pela técnica de análise de componentes principais. RESULTADOS: o exame da fidedignidade da EPEA por intermédio do alfa de Cronbach indicou boa confiabilidade (estrutura a=0,80; processo a=0,92). CONCLUSÃO: tendo por base seus indicadores psicométricos, a EPEA pode ser considerada uma medida válida para avaliar as atitudes dos enfermeiros frente aos fatores que podem predispor à ocorrência dos eventos adversos em UTI.

Intervenção educativa para candidatos ao transplante de fígado

Educational intervention for liver transplantation candidates

Karina Dal Sasso Mendes; Orlando de Castro e Silva Junior; Luciana da Costa Ziviani; Fabiana Murad Rossin; Márcia Maria Fontão Zago; Cristina Maria Galvão

OBJETIVO: o estudo teve como objetivo analisar o conhecimento de candidatos sobre o processo de transplante de fígado, antes e depois da implementação de intervenção educativa. MÉTODOS: trata-se de estudo com delineamento de pesquisa quase-experimental, do tipo grupo único, antes e depois. A amostra final foi composta por 15 sujeitos. A coleta de dados da investigação, cuja duração foi de janeiro a março de 2010, ocorreu em três etapas, a saber: pré-teste, implementação da intervenção educativa (dois encontros) e pós-teste. RESULTADOS: os resultados evidenciaram ganho cognitivo significativo após a intervenção, com melhora no desempenho dos participantes. CONCLUSÕES: o estudo traz evidências de que a implementação de estratégia direcionada para educação de paciente pode aumentar o conhecimento de candidatos sobre o processo de transplante de fígado e, consequentemente, contribuir para o sucesso do tratamento.

A construção do conhecimento da enfermagem e a saúde dos trabalhadores

Nursing knowledge construction and occupational health

Maria Lúcia do Carmo Cruz Robazzi

Compreendendo o processo de viver significado por pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio

Understanding the process of living as signified by myocardial revascularization surgery patients

Alacoque Lorenzini Erdmann; Gabriela Marcellino de Melo Lanzoni; Giovana Dorneles Callegaro; Maria Aparecida Baggio; Cíntia Koerich

OBJETIVO: compreender os significados sobre o processo de viver para pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio, e construir um modelo teórico explicativo. MÉTODO: utilizou-se a Teoria Fundamentada nos Dados, com coleta dos dados realizada de outubro/2010 a maio/2012, numa instituição de saúde referência em cirurgia cardíaca, localizada no Sul do Brasil. Entrevistaram-se 33 sujeitos (pacientes, profissionais de saúde e familiares), distribuídos em 4 grupos amostrais. RESULTADO: o modelo teórico explicativo foi constituído por 11 categorias e pelo fenômeno central. O serviço de referência e o programa de reabilitação cardíaca formaram o contexto, a descoberta da doença cardíaca e os sentimentos vivenciados, durante o período perioeratório, foram causa e condições interventoras no processo de viver a cirurgia de revascularização do miocárdio. As estratégias foram contar com apoio da família, ter fé, esperança e participar do programa de reabilitação. As principais consequências desse processo foram o enfrentamento das mudanças e consequentes limitações, dificuldades e adaptações ao novo estilo de vida, após a cirurgia. CONCLUSÃO: o processo de viver a cirurgia de revascularização do miocárdio se configura como oportunidade para a manutenção da vida do paciente, associada às necessidades de enfrentamento das significativas mudanças no estilo de vida.

Cuidar de famílias de idosos em final de vida na Estratégia Saúde da Família

The process of end-of-life care delivery to the families of elderly patients according to the Family Health Strategy

Lucía Silva; Kátia Poles; Michelle Freire Baliza; Mariana Cristina Lobato dos Santos Ribeiro Silva; Maiara Rodrigues dos Santos; Regina Szylit Bousso

OBJETIVOS: compreender o processo de cuidar de famílias de idosos em situação de final de vida para a equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF), identificar os significados que a equipe atribui à experiência e construir um modelo teórico. MÉTODO: utilizaram-se o interacionismo simbólico e a teoria fundamentada nos dados. Foram entrevistados 14 profissionais da ESF de um município do interior paulista. RESULTADOS: a análise comparativa identificou a categoria central superando os desafios para acolher a família e o idoso durante o processo de morrer, composta pelos subprocessos: identificando a problemática da situação, planejando uma nova estratégia para o cuidar, manejando o cuidado e avaliando a sua trajetória de cuidado. CONCLUSÃO: a equipe enfrenta dificuldades para alcançar melhor desempenho, acolhendo as necessidades biológicas e emocionais das famílias e buscando oferecer dignidade aos idosos em situação de final de vida, ampliando o acesso à saúde.

Micobactérias atípicas associadas à acupuntura: revisão integrativa

Atypical mycobacterias associated to acupuncuture: an integrative review

Juliana Rizzo Gnatta; Leonice Fumiko Sato Kurebayashi; Maria Júlia Paes da Silva

OBJETIVO: avaliar evidências relativas às principais fontes ou mecanismos de transmissão de infecções causadas por micobactérias atípicas associadas à acupuntura e espécies causadoras de infecção. MÉTODO: revisão integrativa, realizada em dezembro de 2011, com descritores indexados nas bases Lilacs, Medline, Embase, OvidSP e Cochrane Library, sem restrições de ano, tipo de estudo ou idioma. RESULTADOS: dentre 16 publicações, uma identificou a fonte de contaminação - solução de glutaraldeído diluída, usada para limpar equipamentos. Três estabeleceram fontes prováveis: toalhas, bolsas de água quente ou tanque para ferver água, reutilização de agulhas reprocessadas. Quatro indicaram fontes possíveis: agulhas contaminadas, reutilização de agulhas, pele do paciente colonizada por micobactérias e reutilização de agulhas, em diferentes sítios no mesmo paciente. Oito não citaram nada sobre fontes. CONCLUSÃO: dos 295 casos, M. abscessus prevaleceu em mais de 96%. Práticas bem estabelecidas, recomendadas por controladores de infecção, como enfermeiros, para prevenção de infecções, devem ser implementadas e adaptadas às práticas complementares.

Análise dos acidentes ocupacionais com material biológico entre profissionais em serviços de atendimento pré-hospitalar

Analysis of occupational accidents with biological material among professionals in pre-hospital services

Adriana Cristina de Oliveira; Maria Henriqueta Rocha Siqueira Paiva

OBJETIVO: estimar a prevalência dos acidentes por exposição a material biológico, suas características e condutas pós-acidente entre os profissionais do atendimento pré-hospitalar de quatro municípios de Minas Gerais, Brasil. MÉTODO: trata-se de estudo transversal. Utilizou-se questionário estruturado. Realizaram-se cálculo de prevalências, análise descritiva e analítica por meio de regressão logística. Participaram do estudo 228 profissionais e a prevalência de acidentes por exposição a material biológico foi de 29,4%, sendo 49,2% percutâneo, 10,4% mucosas, 6,0% pele não íntegra e 34,4% pele íntegra. RESULTADOS: dentre os profissionais acidentados destacaram-se técnicos de enfermagem (41,9%) e condutores (28,3%). CONCLUSÃO: a notificação do acidente ocorreu em 29,8% dos casos. Esteve associado à exposição por via percutânea o tempo de atuação na instituição (OR=2,51; IC 95%: 1,18-5,35; p<0,017). A notificação do acidente com material biológico deve ser incentivada, bem como a avaliação/acompanhamento do profissional.

Importância da proteção da mesa de instrumentais cirúrgicos na contaminação intraoperatória de cirurgias limpas

The importance of protecting surgical instrument tables from intraoperative contamination in clean surgeries

Aline Mesquita Amaral; Augusto Diogo Filho; Mileide Maria de Assunção Sousa; Patrícia Araújo Barbosa; Paulo Pinto Gontijo Filho

OBJETIVO: analisar o grau de contaminação bacteriana da mesa de instrumentais cirúrgicos, após o uso de campo plástico esterilizado por óxido de etileno ou a desinfecção com solução de álcool a 70% e iodo a 1%, em procedimentos cirúrgicos limpos. MÉTODOS: Trata-se de experimento clínico randomizado, com coletas de amostras das superfícies das mesas de instrumentais cirúrgicos, antes e depois de cada procedimento, com posterior análise microbiológica para identificação dos microrganismos e sua resistência antimicrobiana. RESULTADOS: nas cirurgias em que o plástico esterilizado foi utilizado, o crescimento bacteriano foi de 5,71% antes e 28,6% após a cirurgia, enquanto que nas desinfecções com solução de álcool a 70% e iodo a 1%, o crescimento foi de 2,9% antes e 45,7% após, sem diferença significativa entre os métodos empregados. CONCLUSÕES: os dois métodos têm poder de proteção semelhante, considerando que o álcool a 70% e iodo a 1% não geram resíduos sólidos.

Estresse relacionado ao cuidado: o impacto do câncer infantil na vida dos pais

Stress related to care: the impact of childhood cancer on the lives of parents

Daniela Fernanda dos Santos Alves; Edinêis de Brito Guirardello; Andréa Yamaguchi Kurashima

OBJETIVOS: o objetivo foi avaliar o nível de estresse dos pais de crianças com câncer e identificar correlações entre os dados sociodemográficos e os níveis de ansiedade. MÉTODO: trata-se de estudo descritivo, transversal, realizado em duas instituições brasileiras, com 101 pais de crianças com câncer. Por meio de entrevista, os pais responderam a dois instrumentos: Pediatric Inventory for Parents - versão brasileira, que avalia níveis de estresse, e Inventário de Ansiedade Traço-Estado, para medida da ansiedade. As correlações entre os instrumentos e as variáveis sociodemográficas dos pais e das crianças foram avaliadas pelo coeficiente de correlação de Spearman. RESULTADOS: os maiores níveis de estresse e ansiedade foram evidenciados por pais jovens, de crianças pequenas e com menos tempo de diagnóstico. O medo da morte e do impacto da doença na vida da criança foram os eventos considerados mais estressantes para os pais. CONCLUSÕES: na prática clínica, o enfermeiro que consegue identificar a ocorrência desses sintomas torna-se capaz de planejar assistência de enfermagem que inclua a família nas decisões sobre o cuidado. Além disso, pode fornecer subsídios para auxiliar os pais a gerenciar seus níveis de estresse e enfrentar positivamente a doença dos seus filhos.

Adaptação e validação do instrumento posições sobre o processo de enfermagem

Adaptation and validation of the instrument positions on the nursing process

Erika de Souza Guedes; Regina Marcia Cardoso de Sousa; Ruth Natalia Teresa Turrini; Valéria Troncoso Baltar; Diná de Almeida Lopes Monteiro da Cruz

OBJETIVO: estimar as propriedades psicométricas da adaptação do instrumento Posições frente ao Diagnóstico de Enfermagem, para avaliar as atitudes do pessoal de enfermagem com relação ao processo de enfermagem. MÉTODO: trata-se de estudo metodológico com amostra não probabilística de 973 auxiliares de enfermagem e 632 enfermeiros de 35 hospitais e ambulatórios vinculados à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. A validade do instrumento de 20 itens foi verificada por meio da análise fatorial confirmatória que identificou um fator mais geral no segundo nível, formado pelos três fatores clássicos de atitudes, sendo que a confiabilidade foi de 0,954 para o total do instrumento. RESULTADOS: o instrumento Posições sobre o Processo de Enfermagem tem validade e confiabilidade adequadas. CONCLUSÕES: recomenda-se verificar em estudos futuros se os itens apresentam comportamento diferencial, de acordo com a categoria profissional do respondente, e verificar o comportamento do instrumento com estudantes.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br