JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número: V20N3

Artigos Originais

Direitos da criança e do adolescente: desafios atuais

Rights of the child and adolescent: current challenges

Regina Aparecida Garcia de Lima

A segurança do paciente nas circunstâncias de cuidado: prevenção de eventos adversos na hospitalização infantil

Patient safety in care circumstances: prevention of adverse events in the hospitalization of children

Wiliam Wegner; Eva Neri Rubim Pedro

Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa do tipo estudo de caso, cujo objetivo foi analisar como as acompanhantes/cuidadoras e profissionais da saúde reconhecem os eventos adversos nas circunstâncias de cuidado. Foi realizada com 15 acompanhantes/cuidadores e 23 profissionais da saúde das unidades de internação pediátrica de um hospital-escola de Porto Alegre, RS, Brasil, no período entre agosto e dezembro de 2010. A entrevista semiestruturada foi utilizada na coleta das informações, sendo submetida à técnica da análise temática com apoio do software QSR Nvivo, versão 7.0. A análise das informações evidenciou sete categorias temáticas. Nos resultados, destacam-se a revisão e conferência permanentes em qualquer intervenção do profissional e o processo de comunicação efetivo profissional/acompanhante/criança. O estudo traz como principais recomendações as mudanças na cultura organizacional das instituições de saúde para uma cultura de segurança, com ênfase no cuidado seguro em saúde e visão sistêmica na avaliação da ocorrência de eventos adversos.

Fatores maternos influenciam a resposta à dor e ao estresse do neonato em posição canguru

Maternal factors regulating preterm infants' responses to pain and stress while in maternal kangaroo care

Thaíla Corrêa Castral; Fay Fathalee Warnock; Laiane Medeiros Ribeiro; Maria Gorete Lucena de Vasconcelos; Adriana Moraes Leite; Carmen Gracinda Silvan Scochi

Investigou-se associação entre fatores maternos e resposta de prematuros submetidos à punção de calcâneo em posição canguru. Trata-se de estudo descritivo envolvendo 42 mães e prematuros de uma unidade neonatal. A coleta ocorreu nos períodos basal, procedimento e recuperação. Mensuraram-se a mímica facial, sono e vigília, choro, cortisol salivar e frequência cardíaca neonatais, além de se mensurar o comportamento, cortisol salivar e estado mental maternos. Analisou-se a influência das variáveis explanatórias maternas nas variáveis de resposta neonatais por análise bivariada, análise de variância e regressão múltipla. A depressão e/ou ansiedade e comportamento materno não influenciaram a resposta do prematuro à dor e estresse. O cortisol salivar pré-punção materno explicou a variância do cortisol salivar pós-punção neonatal (p=0,036); e o cortisol salivar noturno materno, juntamente com a idade pós-natal neonatal, explicaram a variância da frequência cardíaca neonatal (p=0,001). A capacidade das mães em regular seu próprio estresse contribuiu para resposta de dor e estresse do prematuro.

O Poder Judiciário como última instância de proteção às crianças e aos adolescentes: ações intersetoriais, investimento em recursos humanos e estruturação dos serviços

Judiciary as the last resort to protect children and adolescents: intersectoral actions, investment in human resources, and structuring of services

Lygia Maria Pereira da Silva; Maria das Graças Carvalho Ferriani; Marta Angélica Iossi Silva

O objetivo deste estudo foi identificar o trabalho desenvolvido pelo Poder Judiciário para prevenir a violência sexual intrafamiliar contra crianças e adolescentes. Recorreu-se à abordagem das representações sociais numa perspectiva cultural. O campo de estudo consistiu na 1ª e na 2ª Vara dos Crimes contra a Criança e o Adolescente, no Tribunal de Justiça de Pernambuco, Brasil. Observação participante, entrevistas semiestruturadas e grupo focal com 17 sujeitos foram as técnicas para coleta de dados, analisados por meio da interpretação dos sentidos, que possibilitou a identificação da categoria O Judiciário como último patamar e as seguintes subcategorias: As políticas públicas para prevenção da violência e A estrutura e a dinâmica das Varas. Este estudo permitiu visualizar limitações do Poder Judiciário em relação à proteção integral e à prioridade absoluta, visualizando-se, também, que a atuação junto às vítimas demanda investimentos não só estruturais como, ainda, aqueles que dizem respeito aos recursos humanos.

As perspectivas de donas de casa brasileiras sobre a sua experiência com diabetes mellitus tipo 2

The perspectives of Brazilian homemakers concerning living with type 2 diabetes mellitus

Denise Maria Guerreiro Vieira da Silva; Kathy Hegadoren; Gerri Lasiuk

O objetivo deste estudo foi compreender a experiência de donas de casa brasileiras com diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Foi utilizada abordagem descritiva exploratória, e entrevistas semiestruturadas foram realizadas com 25 donas de casa, abordando sua experiência com o DM2. As entrevistas foram gravadas, transcritas e o texto resultante foi analisado usando-se o método de etapas sequenciais. Os dados convergiram para um tema dominante construindo sua identidade no contexto da família, composto por três subtemas: diferenças de gênero, preocupações do dia a dia e incongruência, entre conhecimento e comportamento, relacionada ao DM2. Esses achados sugerem que as participantes constroem sua identidade no contexto da família e que a experiência de viver com DM2 é parte integrante de sua identificação como esposa e mãe. Esses resultados têm implicações para o planejamento e a implementação de programas que contribuam para que as mulheres gerenciem seu DM2 de forma eficaz.

Fadiga em pacientes com câncer colorretal: prevalência e fatores associados

Fatigue in colorectal cancer patients: prevalence and associated factors

Dálete Delalibera Corrêa de Faria Mota; Cibele Andrucioli de Mattos Pimenta; Ricardo Caponero

Os objetivos deste estudo foram identificar a prevalência e os preditores de fadiga em pacientes com Câncer Colorretal (CCR). Trata-se de estudo seccional com 157 pacientes ambulatoriais com CCR (idade 60±11,7 anos; 54% homens; estádio câncer IV 44,8%). A Escala de Fadiga de Piper - Revisada foi utilizada para avaliar fadiga. Dados sociodemográficos, clínicos, depressão, funcionalidade, dor e sono foram avaliados. A associação entre variáveis foi realizada por regressão logística. Fadiga foi reportada por 26,8% pacientes. Pela regressão logística identificaram-se três preditores: depressão (OR: 4,2; 95%IC 1,68-10,39), funcionalidade (OR: 3,2; 95%IC 1,37-7,51) e prejuízo do sono (OR: 3,2; 95%IC 1,30-8,09). Quando todos preditores estavam presentes, a probabilidade de ocorrência de fadiga foi de 80%; quando nenhum estava presente, a probabilidade foi de 8%. A especificidade e sensibilidade do modelo foram, respectivamente, 81,9 e 58,6%. Conhecendo-se a probabilidade de fadiga, por meio da avaliação de depressão, funcionalidade e prejuízo do sono, torna-se possível a implementação de estratégias de prevenção e tratamento na clínica.

Capacidade para o trabalho, características sociodemográficas e laborais de enfermeiros de um hospital universitário

Work capacity, sociodemographic and work characteristics of nurses at a university hospital

Eunice Fabiani Hilleshein; Liana Lautert

O estudo transversal avaliou a capacidade para o trabalho de 195 enfermeiros de um hospital universitário, a partir do cálculo amostral com IC de 95%. Os dados foram coletados por meio do instrumento Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT) e analisados por estatística analítica, sendo que 94,5% da amostra era composta por mulheres com idade média de 42,6 anos (dp=8,5), 66,5% com companheiros e 76,7% tinham pós-graduação. Quanto ao turno de trabalho, 36% atuava à noite; 28,4% pela manhã e 20,8% à tarde. O escore médio de capacidade para o trabalho foi Bom (41,8 pontos) e houve correlação significativa com a remuneração (p-valor<0,05), satisfação com o local de trabalho (p-valor=0,001), valorização por parte da instituição (p-valor=0,003). E o grupo que realiza programas em família apresentou escores superiores no ICT aos daqueles que não as realizam (p-valor=0,009). Os enfermeiros apresentaram aspectos sociodemográficos e laborais diferenciados, com elevada capacidade para o trabalho.

Estudo das propriedades métricas da versão portuguesa para Portugal do Well-Being Questionnaire12 (W-BQ12) em mulheres com perda de gravidez

Study of the measurement properties of the Portuguese Version of the Well-Being Questionnaire12 (W-BQ12) in women with pregnancy loss

Cândida Koch; Célia Santos; Margarida Reis Santos

A avaliação do bem-estar pode constituir um dos parâmetros importantes na monitorização do processo de luto. Neste estudo, pretendeu-se avaliar a aplicabilidade do W-BQ12 - Questionário de Bem-estar - numa amostra de 74 mulheres, entre as quatro e as seis semanas pós-perda de gravidez, analisando as suas capacidades de mensuração. A análise de componentes principais e da validade convergente/discriminante dos itens permitiu confirmar a estrutura dimensional de três subescalas, propostas pela autora. A escala evidenciou boa fidelidade (coeficiente alpha de Cronbach global de 0,84). De forma global, os itens apresentaram boa correlação com a subescala correspondente. O W-BQ12 apresentou boa validade convergente quando correlacionado à PBGS - Escala de Avaliação do Luto Perinatal. Pode-se dizer que esse instrumento, neste estudo, mostrou ser medida fidedigna e válida, podendo ser utilizada pelos enfermeiros para avaliar o bem-estar em mulheres com esse tipo de perda.

Incidência de extubação gástrica dos usuários em um programa de assistência domiciliar de um hospital universitário

Incidence of gastric extubation of users in a home care program of a university hospital

Larissa Kozloff Naves; Daisy Maria Rizatto Tronchin

Trata-se de estudo quantitativo, prospectivo, que objetivou caracterizar o perfil de usuários e cuidadores e mensurar a incidência de extubação gástrica, identificando o tipo e os motivos das extubações desses usuários, em um Programa de Assistência Domiciliar de um hospital universitário. A população foi composta por 37 sujeitos e os dados foram coletados de abril a agosto de 2010. Para a análise, adotou-se estatística descritiva, teste de significância de 5% e cálculo de indicadores. Constatou-se que 51,4% dos usuários pertenciam ao sexo feminino, 67,5% na faixa etária >60 anos e 67,6% apresentavam doenças neurológicas. Quanto aos cuidadores, 89,2% eram do sexo feminino e média de idade de 50,6 anos. A incidência de extubação, considerando-se 100 dias de entubação, correspondeu a 1,08; sendo 0,26 planejadas e 0,82 não planejadas (p=0,009). Os achados permitiram calcular as taxas de extubações dos portadores de entubação gástrica, para aporte nutricional em assistência domiciliar, fornecendo subsídios no estabelecimento de metas assistenciais e gerenciais para a melhoria contínua da qualidade.

Curadores naturais: uma revisão da terapia e atividades assistidas por animais como tratamento complementar de doenças crônicas

Natural healers: a review of animal assisted therapy and activities as complementary treatment for chronic conditions

Reiley Reed; Lilian Ferrer; Natalia Villegas

O objetivo desta revisão é descrever a literatura existente sobre o uso de terapia e atividades assistidas por animais (AAT/A) como terapia adjuvante em pessoas vivendo com doenças crônicas e discutir a possível aplicação desta prática em crianças que vivem com HIV. A informação foi buscada em bancos de dados entre 10 de março e 11 de abril de 2011, usando as palavras: terapia assistida por animais ou tratamento e condições crônicas ou doenças. Trinta e um artigo foram encontrados e 18 seguiram os critérios de inclusão e exclusão. A pesquisa sugere que AAT/A é eficaz para pacientes com diferentes perfis, especialmente para crianças. Descobriu-se que a interação com cães incrementa comportamentos positivos como aumento da sensibilidade e atenção nas crianças com deficiência social. A redução nos níveis de dor também foi relatada em crianças como resultado da AAT/A. Mais pesquisas devem ser feitas na área de crianças que vivem com doenças crônicas que exigem adesão rigorosa ao tratamento, tais como HIV, e o uso prospectivo da AAT/A como uma ferramenta educacional para ensinar às crianças sobre a importância do autocuidado para suas condições médicas.

Análise fatorial confirmatória da versão portuguesa da Depression Anxiety Stress Scale-21

Confirmatory factor analysis of the portuguese Depression Anxiety Stress Scales-21

João Luís Alves Apóstolo; Barry Allen Tanner; Cynthia Lee Arfken

O objetivo deste estudo foi determinar qual dos três modelos publicados melhor caracteriza a estrutura fatorial da versão portuguesa da Depression Anxiety Stress Scale-21 (DASS-21) e avaliar sua validade e confiabilidade. Compararam-se os três modelos através de análise fatorial confirmatória da DASS-21, aplicada em 1.297 pacientes adultos, do serviço de atenção básica (66,7% mulheres; idade média=48,57 anos). A relação entre a DASS-21 e a Positive and Negative Affect Schedule (PANAS) também foi analisada. O modelo de três fatores correlacionados se ajusta melhor aos dados. A escala apresentou boa consistência interna com valores alfa observados nas subescalas, variando de 0,836 a 0,897. A correlação com a PANAS foi positiva e moderada com a escala de afeto negativa, e negativa e limitada com a escala de afeto positivo. Esses resultados corroboram a estrutura de três fatores. O teste apresentou confiabilidade adequada e validade de constructo, dando suporte ao seu uso para rastrear pacientes portugueses no serviço de atenção básica.

Efeito de intervenção educativa sobre o conhecimento da doença em pacientes com diabetes mellitus

The effect of educational intervention on the disease knowledge of diabetes mellitus patients

Dalma Alves Pereira; Nilce Maria da Silva Campos Costa; Ana Luíza Lima Sousa; Paulo César Brandão Veiga Jardim; Cláudia Regina de Oliveira Zanini

A prevenção do diabetes e suas complicações é um desafio para a equipe de saúde. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito de ação educativa sobre o conhecimento da doença em pacientes portadores de diabetes tipo 2. Foi realizado ensaio clínico randomizado com 62 pacientes cadastrados em serviço de referência para tratamento da hipertensão arterial, no ano 2010. Os dados foram obtidos através de questionário aplicado aos grupos intervenção (GI) e controle (GC), no momento inicial e no final do estudo. O GI participou de atividades educativas em grupo, utilizando a metodologia problematizadora. Os resultados mostraram aumento significativo do conhecimento sobre diabetes nos pacientes do GI, em todas as questões (p<0,05). No GC, algumas alterações observadas no conhecimento foram bem menores quando comparadas ao GI. Conclui-se que foi possível elevar os conhecimentos sobre a doença por meio da realização de atividades educativas. O registro clínico obteve identificador primário: RBR-58n26h

Prevalência do consumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas em adultos imigrantes latino-americanos

Prevalence of alcohol, tobacco and street drugs consumption in adult Latin American immigrants

José Rafael González-López; María de los Ángeles Rodríguez-Gázquez; María de las Mercedes Lomas-Campos

Para estimar a prevalência de autorrelato de consumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas da população adulta de latino-americanos imigrantes, de Sevilha, foi realizado estudo transversal descritivo em amostra representativa com 190 imigrantes. Os resultados mostraram que 61,4% dos sujeitos ingeriam bebidas alcoólicas no mês anterior à coleta de dados, 13,2% dos participantes apresentaram risco para alcoolismo, 30,0% já eram fumantes, 5,3% dos entrevistados nos últimos seis meses haviam consumido drogas ilícitas (maconha: 3,7%, haxixe: 1,1% e cocaína: 0,5%). Para todas as substâncias investigadas, a prevalência do consumo foi maior em homens com idade entre 25 e 39 anos. Conclui-se que os imigrantes apresentaram alta prevalência de consumo de drogas. A enfermeira pode atuar na prevenção desses comportamentos de risco por meio da execução de práticas educativas.

Questionário Atitudes de Segurança: adaptação transcultural do Safety Attitudes Questionnaire - Short Form 2006 para o Brasil

Cross-cultural adaptation of the Safety Attitudes Questionnaire - Short Form 2006 for Brazil

Rhanna Emanuela Fontenele Lima de Carvalho; Silvia Helena De Bortoli Cassiani

O objetivo deste estudo foi realizar a adaptação transcultural do Safety Attitudes Questionnaire - Short Form 2006 para o Brasil. O instrumento foi aplicado em seis hospitais de três Regiões do Brasil. Foi realizada a validade de conteúdo, face e de construto. A análise da confiabilidade do instrumento foi realizada por meio da análise da consistência interna dos itens por meio do alfa de Cronbach. A amostra do estudo foi composta por 1.301 profissionais das enfermarias clínicas e cirúrgicas de seis hospitais. A análise confirmatória mostrou que o ajuste do modelo final dos 41 itens foi considerado satisfatório. Aversão do instrumento em Português apresentou alfa de 0,89. As correlações item/total entre os domínios foram consideradas de moderada a forte, com exceção do domínio percepção do estresse. Conclui-se, portanto, que a versão do instrumento adaptada para o Português é considerada válida e confiável nesta amostra.

O itinerário terapêutico de famílias de crianças com doenças respiratórias no sistema público de saúde

The therapeutic journey of families of children with respiratory diseases in the public health service

Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira; Neusa Collet; Débora Falleiros de Mello; Regina Aparecida Garcia de Lima

O objetivo deste estudo foi identificar o itinerário terapêutico de famílias em busca de cuidado para sua criança com doença respiratória. Trata-se de pesquisa sob abordagem qualitativa, com participação de familiares de crianças menores de cinco anos, hospitalizadas com doenças respiratórias. Utilizou-se como instrumento de produção de dados a dinâmica mapa falante, com análise temática dos dados. Os achados indicam que as famílias buscam um serviço de saúde assim que percebem os sintomas e que tiveram acesso a atendimento médico, embora com pouca resolutividade. Observou-se que retornaram ao serviço por pelo menos três vezes e que, mesmo assim, culminou com a hospitalização. Os atributos da atenção básica não foram contemplados nos serviços públicos de saúde, nem o encontro terapêutico obteve sucesso prático.

Validação das características definidoras do diagnóstico de Enfermagem: fadiga no paciente oncológico

Validation of defining characteristics for the nursing diagnosis of fatigue in oncological patients

Priscila de Oliveira da Silva; Maria Isabel Pinto Coelho Gorini

O objetivo deste estudo foi validar as características definidoras do diagnóstico de Enfermagem, fadiga, em pacientes adultos oncológicos. Trata-se de estudo transversal e descritivo, em perspectiva quantitativa, do tipo validação de conteúdo diagnóstico. A coleta de dados foi realizada em um hospital universitário. Fizeram parte da amostra 35 enfermeiros peritos. Utilizou-se um instrumento subdividido em quatro partes. Os dados foram analisados por estatística descritiva. Identificaram-se 15 características definidoras, consideradas indicadores secundários. Com média ponderada inferior a 0,50, foram excluídas quatro características definidoras. A característica definidora Interação Social Prejudicada, acrescentada às descritas pela NANDA-I, após revisão da literatura, foi validada com média ponderada de 0,71. Concluiu-se que a subjetividade das características definidoras do diagnóstico de Enfermagem, fadiga, e a dificuldade dos enfermeiros em reconhecê-las, influenciam na identificação desse diagnóstico.

Compreendendo o sofrimento humano frente à doença: manifestações, contexto e estratégias

Understanding the suffering of a patient with an illness: signs, context and strategies

César Hueso Montoro; José Siles González; Manuel Amezcua; Candela Bonill de las Nieves; Sonia Pastor Montero; Miriam Celdrán Mañas

O objetivo deste estudo foi compreender a experiência do sofrimento frente à doença, utilizando um método de pesquisa secundário, metaestudo qualitativo. A principal fonte de dados foi o relato biográfico, baseado em estudo de caso que reflete a experiência narrada em primeira pessoa, nesse caso, frente à doença. A localização dos relatos foi feita através de pesquisa nos Arquivos de Memória da Fundação Index e em revistas especializadas na publicação desses materiais. Foram selecionados 20 relatos biográficos. Os resultados do estudo mostram que o sofrimento é um processo multidimensional, caracterizado pela ambiguidade de sentimentos. É fenômeno que envolve a família e a rede social. Os indivíduos doentes desenvolvem diferentes estratégias de enfrentamento e é evidente o medo de recaída ou deterioração.

Estratégias de aprendizagem utilizadas por graduandos e pós-graduandos em disciplinas semipresenciais da área de saúde

Learning strategies used by undergraduate and postgraduate students in hybrid courses in the area of health

Henry Maia Peixoto; Mariana Maia Peixoto; Elioenai Dornelles Alves

Este estudo teve por objetivo investigar os hábitos e estratégias de aprendizagem de graduandos e pós-graduandos em uma universidade brasileira, matriculados em disciplinas semipresenciais da área de saúde. Foram convidados todos os 220 alunos concluintes, dos quais 67,27% aceitaram participar da pesquisa. Foi utilizada metodologia exploratória, que analisou dados quantitativos, coletados por um instrumento estruturado. Pôde-se observar semelhança entre graduandos e pós-graduandos quanto à maioria dos hábitos de ensino e estratégias de aprendizagem, assim como maior proporção daqueles que leram mais da metade do conteúdo, dos que preferem estudar sozinhos, além do elevado uso da maioria das estratégias avaliadas. Conclui-se que ambos os grupos apresentaram hábitos de estudo adequados e utilizaram satisfatoriamente as estratégias de aprendizagens investigadas.

Quedas em meio hospitalar: um estudo longitudinal

Falls in hospital settings: a longitudinal study

Cidalina Abreu; Aida Mendes; José Monteiro; Filipa Raquel Santos

Este estudo visou avaliar a prevalência das quedas, conhecer as suas consequências, identificar as causas e estudar estratégias de intervenção para preveni-las. É um estudo descritivo longitudinal, de 2007 a 2009, com registro, pelos enfermeiros, das quedas dos doentes, num serviço de medicina, em escala construída para o efeito. A maioria das quedas ocorreu em doentes parcialmente dependentes, variando a idade entre 64 e 74 anos. O quarto foi, em todos os anos, o local onde maioritariamente ocorreram. Embora da maioria das quedas não houvesse resultado consequências, essas foram registradas em 36% dos casos. O número de quedas registrado aumentou ao longo dos anos do estudo. De igual modo se revelou diferença na proporcionalidade do número de registros para os turnos da tarde e noite (39% em 2007, 57% em 2008 e 64% em 2009). A identificação de barreiras à referenciação e como as ultrapassar são analisadas.

Análise dos planos de ação e planos de enfrentamento de obstáculos para a redução do consumo de sal entre mulheres com hipertensão arterial sistêmica

Analysis of action plans and coping plans for reducing salt consumption among women with hypertension

Rúbia de Freitas Agondi; Maria Cecília Bueno Jayme Gallani; Marilia Estevam Cornélio; Roberta Cunha Matheus Rodrigues

Este é um estudo transversal, baseado na teoria Implementation Intentions, cujo objetivo foi descrever planos de ação desenvolvidos por mulheres hipertensas (n=49) para adicionar, no máximo, 4g de sal/dia aos alimentos e reduzir o consumo de alimentos salgados, bem como barreiras percebidas e estratégias de enfrentamento para efetivar os planos de ação. Os planos foram categorizados quanto à similaridade e submetidos à análise de frequência. A maioria dos planos de ação e enfrentamento de obstáculos referiu-se à efetivação do comportamento para adicionar, no máximo, 4g/sal/dia/pessoa aos alimentos. As estratégias de ação foram voltadas para a quantificação do sal adicionado, e os principais obstáculos foram relacionados à menor palatabilidade dos alimentos com menos sal. Os planos de enfrentamento apontaram para o preparo, em separado, dos alimentos e uso de temperos naturais em substituição ao sal. Esses dados podem auxiliar o enfermeiro para direcionar atividades clinicoeducativas, visando a redução de consumo de sal entre pacientes que preparam sua alimentação.

Estado nutricional e ganho de peso de gestantes

Nutritional status and weight gain in pregnant women

Ana Paula Sayuri Sato; Elizabeth Fujimori

Caracterizou-se estado nutricional de 228 gestantes e sua influência no peso ao nascer. Trata-se de estudo retrospectivo desenvolvido num centro de saúde do município de São Paulo, com dados obtidos de prontuários. Realizou-se análise de regressão linear. Verificou-se associação entre estado nutricional inicial e final (p<0,001). A média de ganho total de peso diminuiu das gestantes que iniciaram a gravidez com baixo peso para aquelas que iniciaram com sobrepeso/obesidade (p=0,005), sendo insuficiente para 43,4 e 36,4% das gestantes com peso inicial adequado e para o total das gestantes estudadas, respectivamente. Entretanto, 37,1% daquelas que iniciaram a gravidez com sobrepeso/obesidade finalizaram com ganho excessivo, condição que, no final, afetou quase um quarto das gestantes. Anemia e baixo peso ao nascer foram pouco frequentes, porém, na análise de regressão linear, peso ao nascer associou-se com ganho de peso (p<0,05). Evidencia-se a importância do cuidado nutricional antes e durante a gravidez, para promoção da saúde materno-infantil.

Comportamentos de risco frente ao vírus da imunodeficiência humana entre frequentadores de motéis

Risk behavior for the Human Immunodeficiency Virus among motel clients

Helisamara Mota Guedes; Luciana Oliveira Costa Cabral; Maria Verônica de Barros Costa; Alex Ferreira dos Reis; Simone Gomes Pereira; Fernanda Oliveira-Ferreira

Este estudo teve por objetivo verificar comportamentos de risco referentes à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) em pessoas que frequentaram motéis. Trata-se de estudo transversal, realizado em dois motéis de dois municípios do interior de Minas Gerais, com amostra de 308 indivíduos, seguindo cálculo amostral, selecionados aleatoriamente, com idade entre 18 e 60 anos. Foram realizados testes estatísticos bivariados (qui-quadrado e teste t para amostras independentes) e multivariados (regressão logística). Dentre os participantes, 45,8% relataram não ter usado preservativo na última relação sexual vaginal, 48,4% não utilizaram preservativo na última relação sexual oral, enquanto 26,3% afirmaram não ter usado na última relação anal. Ter um parceiro fixo foi o maior preditor do não uso do preservativo. Prováveis crenças de fidelidade, envolvidas em um relacionamento estável, podem estar contribuindo para o não uso do preservativo nas relações, aumentando o risco de infecção pelo HIV.

Aplicação da massagem para lombalgia ocupacional em funcionários de Enfermagem

Massage application for occupational low back pain in nursing staff

Talita Pavarini Borges; Julia Maria D'Andrea Greve; Ana Paula Monteiro; Rodrigo Emmanuel Sabbag da Silva; Arlete Mazzini Miranda Giovani; Maria Júlia Paes da Silva

Trata-se de ensaio clínico com o objetivo de verificar a eficiência da massagem para diminuir a lombalgia ocupacional e sua influência no desempenho das atividades laborais e de vida, na equipe de Enfermagem. A amostra foi composta por 18 funcionários, que receberam de 7 a 8 sessões após o plantão. Pela escala numérica de dor, houve melhora significante estatisticamente entre a 3ª e 1ª avaliação (p=0,000) e entre 3ª e 2ª (p=0,004), pelo teste de Wilcoxon. Sobre a avaliação funcional de Owestry, no teste T pareado, observou-se diferença estatística (p=0,02) entre o primeiro momento, com média de 21,33% e o segundo (18,78%), e se manteve entre a segunda e terceira avaliação (16,67%). Foram encontrados 18 pontos (médio risco) para escala de avaliação do risco na movimentação e transferência. Conclui-se que a massagem foi eficiente na diminuição da lombalgia ocupacional, assim como trouxe melhoria nas atividades de trabalho e vida. Clinical Trials Identifier: NCT01315197.

Tradução, adaptação cultural e validação da Bristol Stool Form Scale para a população brasileira

The Bristol Stool Form Scale: its translation to Portuguese, cultural adaptation and validation

Anna Paula Martinez; Gisele Regina de Azevedo

A Escala de Bristol para Consistência de Fezes é usada na descrição de fezes. O objetivo deste estudo foi realizar a tradução, adaptação cultural e validação para o Brasil, dessa escala. Como metodologia realizou-se a tradução, tradução reversa e discussão. Para essa validação, incluíram-se 85 enfermeiros e 80 médicos e pacientes que correlacionaram imagens de sete tipos de fezes com descrições. Os resultados mostraram que houve diferença de distribuição do sexo, com predomínio do sexo masculino para médicos e feminino para enfermeiros e pacientes. Em relação à concordância entre definições e imagens, o maior percentual, no tipo 5, e os menores percentuais, nos tipos 6 e 7, relacionaram-se aos médicos; no tipo 3 referiram-se aos enfermeiros e no tipo 6 aos pacientes. O índice Kappa geral foi de 0,826. Conclui-se que a escala demonstrou alta confiabilidade em todos os grupos estudados.

Validade e confiabilidade do Questionário de Espiritualidade de Parsian e Dunning em versão espanhola

Reliability and validity of spirituality questionnaire by Parsian and Dunning in the Spanish version

Luz Patricia Díaz Heredia; Alba Idaly Muñoz Sánchez; Divane de Vargas

Trata-se de estudo metodológico que objetivou traduzir, adaptar culturalmente, avaliar a consistência interna e validade da versão em espanhol do Questionário de Espiritualidade, de Parsian e Dunning. A amostra foi composta por 204 estudantes entre 18 e 25 anos, de duas universidades de Bogotá, Colômbia. Parar testar a confiabilidade utilizou-se o alpha de Cronbach. A validade de conteúdo foi realizada por um grupo de juízes e uma amostra de 12 estudantes. Para validade de construto foram realizadas análises fatoriais exploratória e confirmatória. A confiabilidade total obteve um alfa de 0,88. O índice total de validade de conteúdo observado foi de 0,90. O produto da análise fatorial evidenciou que 52,6% da variância foi explicada pelos quatro fatores. O modelo teórico proposto originalmente foi confirmado, observando-se diferença em duas das dimensões originais. Concluiu-se que o instrumento é confiável e válido em sua versão em língua espanhola.

Prevenção de reações de pele devido à teleterapia em mulheres com câncer de mama: revisão integrativa

Prevention of skin reactions due to teletherapy in women with breast cancer: a comprehensive review

Marceila de Andrade; Maria José Clapis; Talita Garcia do Nascimento; Thaís de Oliveira Gozzo; Ana Maria de Almeida

Dentre as modalidades de tratamento para o câncer está a teleterapia, e um dos principais efeitos adversos dessa modalidade são as reações de pele, comumente chamadas radiodermatites. O presente estudo teve como objetivo analisar o conhecimento sobre as evidências acerca de produtos tópicos, utilizados na prevenção de radiodermatite, que fundamente o cuidado em teleterapia direcionado a mulheres com câncer de mama. Adotou-se como método de pesquisa a revisão integrativa da literatura. Para a seleção da bibliografia utilizaram-se quatro bases de dados. A amostra constitui-se de 15 artigos. Os dados demonstram que, dentre os produtos tópicos analisados, a calêndula, os corticoesteroides e o Xclair tiveram efeito protetor significante, destacando-se, assim, pelas suas ações. A ausência de artigos publicados no Brasil mostra a necessidade de mais pesquisas nessa área, visando a melhor qualidade na assistência a mulheres com câncer de mama, por meio da utilização de produtos com eficácia comprovada cientificamente.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br