JCR: 0,634; SJR: 0,396; H Index Scopus: 26; Qualis na área de Enfermagem: A1

ISSN: 1518-8345

  • USP
  • Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto USP
  • Who Collaborating Centre

Número: V22N1

Editorial

Gestão editorial: inovações e perspectivas

Editorial management: innovations and perspectives

Maria Helena Palucci Marziale

Artigos Originais

Hipertensão em adolescentes identificada com o manguito correto e seus problemas cardiovasculares e gestacionais após 29 anos

Adolescent hypertension identified with correct cuff and its cardiovascular and gestational problems after 29 years

Sandra Regina Ramos Silva; Edna Apparecida Moura Arcuri; Adriana Paula Jordão Isabella; Silvia Maria Arcuri; Jair Lício Ferreira Santos

OBJETIVO: identificar, no ano 2011, índices para hipertensão, problemas cardiovasculares e gestacionais em sujeitos com pressão elevada, detectada com manguito correto em 1982, quando a razão entre Circunferência Braquial e Largura do Manguito de 0,40, proposta pela American Heart Association, foi aplicada. MÉTODO: definiu-se como pressão elevada em 2011 sistólica =115mmHg e diastólica =80mmHg, resultando em 20 sujeitos com 39-43 anos (grupo de risco), que foram comparados a 20 com níveis menores que esses em 1982 (grupo controle). RESULTADOS: índices de hipertensão, problemas cardiovasculares e gestacionais foram significantemente mais elevados (Fisher: p=0,02) no grupo de risco, com uma morte cardiovascular. Os achados, aqui, levam a indagar se, caso um manguito apropriado tivesse sido usado na clínica, complicações e morte teriam sido evitadas. CONCLUSÕES: os dados indicam atendimento à largura do manguito correspondendo a 40% da medida da circunferência braquial, apesar das polêmicas discussões sobre dificuldades na disponibilidade e uso de diversos manguitos.

Adesão ao tratamento do diabetes mellitus: validação de instrumentos para antidiabéticos orais e insulina

Adherence to treatment for diabetes mellitus: validation of instruments for oral antidiabetics and insulin

Lilian Cristiane Gomes-Villas Boas; Maria Luisa Soares Almeida Pedroso de Lima; Ana Emilia Pace

OBJETIVOS: verificar a validade de face, de critério e a confiabilidade de duas formas distintas de apresentação do instrumento Medida de Adesão aos Tratamentos, sendo uma para avaliar a adesão ao uso de antidiabéticos orais (Medida de Adesão aos Tratamentos - antidiabéticos orais) e a outra para a adesão ao uso de insulina (Medida de Adesão aos Tratamentos - insulina), bem como avaliar diferenças na adesão entre essas duas modalidades de terapêutica medicamentosa. MÉTODO: estudo metodológico realizado entre 90 adultos com diabetes mellitus tipo 2. A validade de critério foi verificada por meio das curvas de Características de Operação do Receptor; e, para a confiabilidade, calcularam-se o coeficiente alfa de Cronbach, a correlação item-total e o coeficiente de correlação de Pearson. RESULTADOS: a medida de adesão aos tratamentos - adesão ao uso de antidiabéticos orais apresentou sensibilidade de 0,84, especificidade de 0,35 e coeficiente alfa de Cronbach de 0,84. Para a medida de adesão aos tratamentos - insulina, os valores encontrados foram, respectivamente, 0,60, 0,21 e 0,68. Encontrou-se diferença estatisticamente significante entre os escores finais das duas formas do instrumento, indicando maior adesão ao uso da insulina do que aos antidiabéticos orais. CONCLUSÃO: conclui-se que as duas formas do instrumento medida de adesão aos tratamentos são confiáveis e devem ser utilizadas para avaliar a adesão ao tratamento medicamentoso das pessoas com diabetes mellitus.

Morbidade hospitalar em município de médio porte: diferenciais entre homens e mulheres

Hospital morbidity in a medium-sized city: differentials between men and women

Guilherme Oliveira de Arruda; Carlos Alexandre Molena-Fernandes; Thais Aidar de Freitas Mathias; Sonia Silva Marcon

OBJETIVO: caracterizar a morbidade hospitalar de adultos residentes no município de Maringá, Paraná, Brasil, no período de 2000 a 2011, com enfoque nos diferenciais entre os sexos. MÉTODO: estudo descritivo, desenvolvido a partir de dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde, para investigar a associação de grupos de causas de internação e tempo médio de internação por sexo, em triênios. RESULTADOS: os principais grupos de causas de internação dos homens foram: transtornos mentais, lesões e doenças circulatórias; e, entre as mulheres, destacaram-se: as neoplasias, doenças circulatórias e geniturinárias. Transtornos mentais e lesões, neoplasias, doenças circulatórias e geniturinárias apresentaram-se durante todo o período, significativamente associados aos sexos feminino e masculino. Embora não significativo, o tempo médio de internação diminuiu ao longo dos quatro triênios, e só diferiu significativamente entre homens e mulheres no segundo triênio. CONCLUSÃO: diferenças no perfil de morbidade hospitalar entre homens e mulheres reforçam a necessidade de ações específicas na área de saúde e de enfermagem, especialmente na atenção primária, com vistas a reduzir as hospitalizações no município pelos principais grupos de causas.

Entre o bem-estar espiritual e a angústia espiritual: possíveis fatores relacionados a idosos com cancro

Between spiritual wellbeing and spiritual distress: possible related factors in elderly patients with cancer

Sílvia Caldeira; Emilia Campos de Carvalho; Margarida Vieira

OBJETIVOS: este artigo descreve a avaliação do bem-estar espiritual de idosos com cancro, submetidos à quimioterapia, e de possíveis fatores preditivos do diagnóstico angústia espiritual. MÉTODO: trata-se de estudo metodológico, de validação clínica de diagnósticos de enfermagem, com entrevista para o preenchimento de formulário. RESULTADOS: foram participantes 45 idosos, católicos, maioritariamente do sexo feminino, com cancro da mama, média de idade de 70,3 anos. A prevalência de angústia espiritual foi de 42%, e 24,4% dos idosos estavam medicados com antidepressivos. Observou-se associação significativa entre a presença de angústia espiritual, medicação antidepressiva e escolaridade; verificou-se aumento da referida angústia (diferença não significativa) no início do tratamento. CONCLUSÃO: esses resultados enfatizam a necessidade de clarificar esse diagnóstico e a responsabilidade dos enfermeiros na assistência espiritual aos pacientes. As intervenções deverão ser adequadas sempre que identificado um diagnóstico de enfermagem que constitui uma resposta complexa e que não se reduz ao tratamento farmacológico.

Sofrimento moral e síndrome de Burnout: existem relações entre esses fenômenos nos trabalhadores de enfermagem?

Moral distress and Burnout syndrome: are there relationships between these phenomena in nursing workers?

Graziele de Lima Dalmolin; Valéria Lerch Lunardi; Guilherme Lerch Lunardi; Edison Luiz Devos Barlem; Rosemary Silva da Silveira

OBJETIVO: identificar relações entre sofrimento moral e síndrome de Burnout nas percepções das vivências de trabalhadores de enfermagem no seu desempenho profissional. MÉTODOS: trata-se de uma pesquisa survey com 375 trabalhadores de enfermagem, atuantes em três distintas instituições hospitalares do sul do Rio Grande do Sul, através da aplicação de uma adaptação do Moral Distress Scale e do Maslach Burnout Inventory, validado e normatizado para uso no Brasil. A validação dos dados ocorreu via análise fatorial e alfa de Cronbach. Para análise dos dados, procedeu-se à análise bivariada com utilização da correlação de Pearson, e análise multivariada, através de regressão múltipla. RESULTADOS: verificou-se a existência de uma correlação baixa entre o sofrimento moral e a síndrome de Burnout. Identificou-se possível correlação positiva entre a obstinação terapêutica e a síndrome de Burnout, e uma correlação negativa entre realização profissional e sofrimento moral. CONCLUSÃO: identificou-se a necessidade de realização de novos estudos que incluam variáveis mediadoras e moderadoras que possam explicar mais claramente os modelos estudados.

Distúrbios de saúde relacionados ao aprendizado de solda: avaliação de abordagem para comunicação de risco

Health disorders related to learning the welding trade: assessment of approaches to risk communication

Clarice Alves Bonow; Marta Regina Cezar-Vaz; Lauro Roberto Witt da Silva; Laurelize Pereira Rocha; Claudia Turik

OBJETIVO: avaliar a identificação de distúrbios de saúde autorreferidos por aprendizes de solda e analisar a intensidade da relação entre idade e tempo de experiência com os distúrbios de saúde autorreferidos pelos aprendizes, antes e depois da intervenção socioambiental de enfermagem. MÉTODO: trata-se de estudo quase-experimental, não randomizado, do tipo antes e depois, realizado com 86 aprendizes de solda de entidade privada. RESULTADOS: os resultados mostram diferença significativa para a diferença das médias pré e pós-teste e aumento da média pós-teste para o sistema cardiovascular, respiratório e tegumentar. Ainda, houve correlação negativa da idade dos aprendizes de solda com a identificação de distúrbios de saúde. CONCLUSÃO: a intervenção socioambiental de enfermagem propiciou informações de saúde sobre os distúrbios de saúde relacionados à atividade de solda. Tais informações possibilitaram aos aprendizes avaliar as informações e, mediante essas, autorreferir distúrbios de saúde.

Pronto-socorro público: impactos psicossociais no domínio físico da qualidade de vida de profissionais de enfermagem

Public emergency department: the psychosocial impact on the physical domain of quality of life of nursing professionals

Moisés Kogien; José Juliano Cedaro

OBJETIVOS: determinar os principais fatores psicossociais do trabalho, relacionados a prejuízos no domínio físico de qualidade de vida de profissionais de enfermagem, em um pronto-socorro público. MÉTODOS: estudo transversal, descritivo, com a participação de 189 profissionais de enfermagem. Utilizou-se a Job Stress Scale e a versão abreviada do instrumento para avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde, para a coleta de dados, e o Modelo Demanda-Controle de Robert Karasek como referencial para análise da configuração psicossocial. Calcularam-se o risco para prejuízos e o intervalo de confiabilidade de 95%. RESULTADOS: em relação ao ambiente psicossocial, a maior proporção de trabalhadores apresentou vivência de baixas demandas psicológicas (66,1%) e baixo suporte social (52,4%), além de 60,9% dos profissionais serem categorizados vivenciando as situações de trabalho com maior potencial patologizante: trabalho de alta exigência (22,8%) e trabalho passivo (38,1%). CONCLUSÕES: baixo discernimento intelectual, baixo suporte social e vivenciar um trabalho de alta exigência ou trabalho passivo foram os principais fatores de risco para prejuízos no domínio físico de qualidade de vida.

Os princípios do Sistema Único de Saúde estudados a partir da análise de similitude

The principles of the Brazilian Unified Health System, studied based on similitude analysis

Ana Paula Munhen de Pontes; Denize Cristina de Oliveira; Antonio Marcos Tosoli Gomes

OBJETIVOS: analisar e comparar a incorporação dos princípios ético-doutrinários e organizativos nas representações sociais do Sistema Único de Saúde, entre profissionais de saúde. MÉTODO: estudo fundamentado na Teoria das Representações Sociais, realizado com 125 sujeitos, em oito instituições de saúde do Rio de Janeiro. Aplicou-se a Técnica de Evocações Livres ao termo indutor "SUS", sendo essas analisadas com as técnicas do Quadro de Quatro Casas e análise de similitude. RESULTADOS: identificou-se que as representações sociais dos profissionais variam segundo o nível de escolaridade e que aqueles de nível superior representam um subgrupo responsável pelo processo de mudança representacional identificado. Tal resultado pôde ser confirmado através da análise de similitude. CONCLUSÃO: existe um processo de mudança representacional em curso, no qual se verificou que os profissionais incorporaram os princípios do SUS nas suas construções simbólicas. A análise de similitude se mostrou uma técnica proveitosa para a pesquisa em enfermagem.

Vulnerabilidade de mulheres vivendo com HIV/Aids

Vulnerability of women living with HIV/aids

Marli Teresinha Cassamassimo Duarte; Cristina Maria Garcia de Lima Parada; Lenice do Rosário de Souza

OBJETIVO: traçar o perfil de mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana/Aids em municípios do interior do Estado de São Paulo, buscando-se identificar características relacionadas à vulnerabilidade individual, social e programática e analisar as condições em que tiveram conhecimento de seu status sorológico. MÉTODO: entre outubro de 2008 e dezembro de 2010, foi realizado estudo transversal, envolvendo 184 mulheres atendidas em serviço especializado. Os dados foram obtidos por entrevista e exame ginecológico, com coleta de amostras para diagnóstico etiológico de doenças sexualmente transmissíveis. RESULTADOS: predominaram mulheres brancas, entre 30 e 49 anos de idade, com companheiro, baixo nível escolar, múltiplos parceiros sexuais durante a vida e prática de sexo inseguro. A prevalência de doenças sexualmente transmissíveis foi de 87,0%. CONCLUSÃO: o estudo sugere a necessidade de ofertar assistência ginecológica em serviços especializados e realização de ações multiprofissionais que reforcem a autonomia feminina na tomada de decisões protetoras.

Violência conjugal na perspectiva de profissionais da "Estratégia Saúde da Família": problema de saúde pública e a necessidade do cuidado à mulher

Conjugal violence in the perspective of "Family Health Strategy" professionals: a public health problem and the need to provide care for the women

Nadirlene Pereira Gomes; Alacoque Lorenzini Erdmann

OBJETIVO: construir uma matriz teórica a partir dos significados das interações e ações experienciadas pelos profissionais sobre as práticas de cuidado de enfermagem e saúde às mulheres em situação de violência conjugal, no âmbito da Estratégia Saúde da Família. MÉTODOS: pesquisa fundamentada na Grounded Theory. Após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa, foram entrevistados 52 profissionais em Santa Catarina, Brasil. A análise baseou-se nas codificações aberta, axial e seletiva. RESULTADOS: o modelo teórico foi delimitado a partir do fenômeno "Reconhecendo a violência conjugal como problema de saúde pública e a necessidade de gestão do cuidado à mulher", que reflete a vivência dos profissionais no que tange ao cuidado à mulher, bem como os significados atribuídos a esse cuidado. CONCLUSÕES: o fenômeno permite a compreensão do movimento de ação e interação acerca do cuidado à mulher em situação de violência conjugal.

Ocorrência de violência contra a mulher nos diferentes ciclos de vida

Reports of violence against women in different life cycles

Maísa Tavares de Souza Leite; Maria Fernanda Santos Figueiredo; Orlene Veloso Dias; Maria Aparecida Vieira; Luís Paulo Souza e Souza; Danilo Cangussu Mendes

OBJETIVO: analisar as ocorrências e fatores associados à violência contra a mulher. MÉTODO: trata-se de estudo transversal, exploratório e analítico com informações dos casos registrados de violência, extraídos dos Boletins de Ocorrências da Polícia Civil, em uma cidade de médio porte de Minas Gerais, Brasil. RESULTADOS: das 7.487 ocorrências de violência contra a mulher, identificou-se que 44,6% dos casos foram de ameaça, 28,5% de agressão, 25,1% de lesão corporal, 1,1% de estupro e 0,7% de algum tipo de injúria. Na análise bivariada, observou-se maior número de casos (p=0,000) cometidos pelo companheiro para todos os tipos de violência, com exceção de estupro. As crianças, adolescentes e adultas foram violentadas por companheiro, seguido de familiar. Com as mulheres idosas, os casos de violência foram cometidos por familiares. CONCLUSÃO: há necessidade de que programas de prevenção da violência contra a mulher sejam instituídos nos diversos setores da sociedade, permeando o ciclo de vida.

Mulheres com risco cardiovascular após pré-eclâmpsia: há seguimento no Sistema Único de Saúde?

Women with cardiovascular risk after preeclampsia: is there follow-up within the Unified Health System in Brazil?

Maria de Lourdes Costa da Silva; Ana Cristina Araújo de Andrade Galvão; Nilba Lima de Souza; George Dantas de Azevedo; Selma Maria Bezerra Jerônimo; Ana Cristina Pinheiro Fernandes de Araújo

OBJETIVOS: identificar mulheres com risco cardiovascular, cinco anos após a pré-eclâmpsia, e averiguar o seguimento dessas mulheres no Sistema Único de Saúde, em Natal, Rio Grande do Norte. MÉTODOS: estudo exploratório, quantitativo, realizado na Maternidade Escola Januário Cicco, em Natal. A amostra foi de 130 mulheres, 65 com pré-eclâmpsia e 65 normotensas. RESULTADOS: constatou-se diferença estatística significativa no que se refere ao índice de massa corpórea, peso, histórico familiar de doenças cardiovasculares e complicação cardiovascular entre as mulheres com pré-eclâmpsia prévia e as normotensas. Os grupos desconheciam os fatores de risco cardiovasculares e, além disso, referiam dificuldades de acesso aos serviços de atenção primária. CONCLUSÕES: as mulheres com histórico de pré-eclâmpsia possuíam risco aumentado de desenvolver doenças cardiovasculares, desconheciam as complicações tardias dessa doença e não recebiam seguimento ambulatorial diferenciado em relação às normotensas.

Detecção do papilomavírus humano em citologias cervicais de mulheres atendidas no Programa Saúde da Família

Human papillomavirus detection in cervical scrapes from women attended in the Family Health Program

Everton Faccini Augusto; Larissa Silva dos Santos; Ledy do Horto dos Santos Oliveira

OBJETIVOS: identificar a prevalência do papilomavírus humano, os fatores de risco associados e a distribuição dos genótipos nas mulheres referenciadas para rastreamento do câncer cervical, durante o atendimento no Programa de Saúde da Família. MÉTODO: foi realizado levantamento de corte transversal com 351 mulheres. A amplificação do DNA por reação da cadeia da polimerase e a análise do polimorfismo de fragmentos de restrição foram aplicadas para detectar e tipificar o papilomavírus. RESULTADOS: a infecção pelo vírus foi detectada em 8,8% das amostras. Entre os 21 genótipos diferentes identificados neste estudo, 14 foram de alto risco para o câncer cervical, e o tipo 16 foi o mais prevalente. A infecção foi associada a mulheres com parceiros sexuais diversos. Os tipos de baixo risco foram associados com mulheres mais novas, enquanto o grupo de alto risco foi vinculado a alterações citológicas. CONCLUSÃO: nesta amostra, atendida por um Programa de Saúde da Família, encontraram-se níveis baixos de infecção pelo papilomavírus. Foi detectada, também, associação entre a frequência do vírus e o comportamento sexual. Porém, a grande variedade de genótipos detectados merece atenção relacionada à cobertura vacinal, que abrange somente tipos prevalentes de HPV.

Assistência pré-natal à adolescente e os atributos da Atenção Primária à Saúde

Prenatal Care for Adolescents and attributes of Primary Health Care

Maria Cristina Barbaro; Angelina Lettiere; Ana Márcia Spanó Nakano

OBJETIVO: avaliar a atenção pré-natal às adolescentes em unidades de saúde, segundo os atributos da Atenção Primária à Saúde. MÉTODO: estudo de abordagem quantitativa, realizado com profissionais de saúde, utilizando-se o instrumento Primary Care Assessment Tool-Brasil, para analisar a presença e extensão dos atributos. RESULTADOS: para todas as unidades participantes, o atributo acesso obteve escore =6,6; os atributos longitudinalidade, coordenação (integração de cuidados), coordenação (sistemas de informação) e integralidade obtiveram escores =6,6 e escore essencial =6,6. Comparando-se as unidades básicas e as unidades de saúde da família, os escores estão igualmente distribuídos: acessibilidade: =6,6 e os demais atributos com escores =6,6, no entanto, o escore essencial nas unidades básicas foi =6,6 e nas unidades de saúde da família foi =6,6. CONCLUSÃO: a ampliação da cobertura das unidades de saúde da família e a capacitação profissional podem ser estratégias para qualificar a atenção à saúde.

Adaptação cultural do Family Management Measure para famílias de crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas

Cultural adaptation of the Family Management Measure among families of children and adolescents with chronic diseases

Carolliny Rossi de Faria Ichikawa; Regina Szylit Bousso; Maira Deguer Misko; Ana Marcia Chiaradia Mendes-Castillo; Estela Regina Ferraz Bianchi; Elaine Buchhorn Cintra Damião

OBJETIVOS: realizar a adaptação cultural do Family Management Measure para a língua portuguesa do Brasil. MÉTODO: o método obedeceu às recomendações internacionais para este tipo de estudo, composta pelas seguintes etapas - tradução do instrumento para língua portuguesa, obtenção do consenso das versões traduzidas, avaliação pelo comitê de especialistas, retrotradução e pré-teste. RESULTADOS: tais etapas permitiram o alcance das equivalências conceitual, de itens, semântica, idiomática, operacional e validação do conteúdo. CONCLUSÃO: o Family Management Measure apresenta-se adaptado para a língua portuguesa do Brasil, agora denominado Instrumento de Medida de Manejo Familiar.

Correlação entre temperatura corporal, pressão arterial e concentração plasmática de óxido nítrico em pacientes com sepse

Correlation between body temperature, blood pressure and plasmatic nitric oxide in septic patients

Flávia Helena Pereira; Marcelo Eduardo Batalhão; Evelin Capellari Cárnio

OBJETIVO: pesquisar se há relação entre os níveis plasmáticos de nitrato e os valores da temperatura corporal e os da pressão arterial em pacientes com sepse, sepse grave e choque séptico. MÉTODO: estudo prospectivo observacional, desenvolvido em hospital brasileiro. Os dados foram coletados entre julho e dezembro de 2009. Vinte e nove pacientes foram incluídos na amostra. Foi realizada a coleta do sangue (10mL) para posterior análise dos níveis plasmáticos de nitrato, em laboratório. RESULTADOS: a síntese de óxido nítrico está aumentada em pacientes com choque séptico e está inversamente relacionada aos valores de temperatura corporal. CONCLUSÃO: esses dados mostram que a medição da temperatura corporal e a observação de quadros hipotérmicos em pacientes sépticos podem ser importantes para guiar a enfermagem, no que se refere à evolução de sujeitos com sepse, para o estado de choque séptico.

Avaliação da conformidade da prática assistencial de manutenção do cateter temporário duplo lúmen para hemodiálise

Evaluation of the conformity of assistential practice in the maintenance of the temporary double-lumen dialysis catheter

Késia Alves Gomes Rosetti; Daisy Maria Rizatto Tronchin

OBJETIVO: avaliar a conformidade da prática assistencial de manutenção do cateter temporário duplo lúmen para hemodiálise, por meio do emprego do indicador de processo, no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. MÉTODO: estudo quantitativo, exploratório-descritivo, observacional. A casuística compôs-se de 155 observações de portadores de cateter temporário de duplo lúmen, no período de março a novembro de 2011, empregando-se o Indicador de Manutenção do Cateter Temporário Duplo Lúmen para Hemodiálise. RESULTADOS: o índice da conformidade geral da prática assistencial correspondeu a 65,8%. Dos 13 componentes da prática, 9 (69,2%) atingiram 100% de conformidade. A higiene das mãos pelo profissional e o uso de máscara pelo paciente, na desconexão da hemodiálise, apresentaram os piores índices (83,9%). CONCLUSÃO: embora as ações avaliadas estejam implementadas na unidade, há necessidade de propor e aplicar estratégias educativas à equipe de saúde, bem como instituir avaliações periódicas, no sentido de elevar os índices de conformidade garantindo a qualidade dos serviços na hemodiálise.

Avaliação da dor em repouso e durante atividades no pós-operatório de cirurgia cardíaca

Assessment of pain during rest and during activities in the postoperative period of cardiac surgery

Larissa Coelho de Mello; Silvio Fernando Castro Rosatti; Priscilla Hortense

OBJETIVO: avaliar intensidade e localização da dor, após cirurgia cardíaca por esternotomia, durante o repouso e em cinco atividades. MÉTODO: estudo descritivo de coorte prospectivo. Participaram 48 sujeitos. Utilizou-se a Escala Multidimensional para Avaliação da Dor. RESULTADOS: a dor no pós-operatório de cirurgia cardíaca apresentou-se de intensidade moderada, durante o repouso e decrescente com o passar dos dias. Durante as atividades, a intensidade da dor foi moderada no 1º e 2º pós-operatório e diminuiu a partir do 3º pós-operatório, com exceção da atividade tossir, em que houve diminuição apenas no 6º pós-operatório. As atividades tossir, virar-se de lado, respirar profundamente e o repouso estão apresentadas, respectivamente, em ordem decrescente de intensidade. A região do esterno foi o local de dor mais referido. CONCLUSÃO: a avaliação da dor nos sujeitos submetidos à cirurgia cardíaca no repouso e durante atividades se faz de extrema importância para adequar o manejo e evitar complicações pós-operatórias e recuperação cirúrgica retardada.

Visibilidade da enfermagem nas mídias impressa e online

The exposure of the nursing profession in online and print media

Rodrigo José Martins Cardoso; João Manuel Garcia de Nascimento Graveto; Ana Maria Correia Albuquerque Queiroz

OBJETIVO: descrever a cobertura noticiosa da profissão de enfermagem nas mídias portuguesas - sítios informativos da Internet e imprensa escrita. MÉTODOS: foram colhidas 1.271 notícias de saúde nos meses de setembro e outubro de 2011 (956 notícias online e 325 provenientes da resenha de imprensa da Ordem dos Enfermeiros Portugueses) e recorreu-se à análise estatística para caracterizar as variáveis definidas. RESULTADOS: os enfermeiros constituíram-se como fontes de informação em 6,6% dos casos, o que sugere baixa visibilidade mediática. As notícias de saúde colhidas são caracterizadas por produção noticiosa baseada em fontes de informação pouco variadas, oficiais e de gênero masculino, em informação divulgada por agências noticiosas e focada em questões econômicas e políticas da saúde. CONCLUSãO: a presença dos enfermeiros nas notícias de saúde é reduzida. Sugere-se que esses desenvolvam competências de comunicação pública, que visem a divulgação da importância da profissão para a sociedade e a relação com as mídias.

Tempo de assistência direta e indireta de enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva

Direct and indirect nursing care time in an Intensive Care Unit

Luciana Emi Kakushi; Yolanda Dora Martinez Évora

OBJETIVO: identificar o tempo de assistência direta e indireta de enfermagem em uma Unidade de Terapia Intensiva. MÉTODO: estudo descritivo/exploratório, desenvolvido em um hospital privado. Utilizou-se o sistema de classificação Nursing Activities Score, para estimar o tempo de assistência direta e o Prontuário Eletrônico do Paciente, para a assistência indireta. Os dados foram coletados no período de março a junho de 2011. RESULTADOS: os achados mostraram que o tempo médio de assistência de enfermagem foi de 29,5 horas, sendo 27,4 horas na assistência direta e 2,1 horas na assistência indireta por paciente/dia. O tempo de assistência de enfermagem foi maior nos finais de semana e feriados, com maior predomínio do uso do prontuário eletrônico no período noturno. CONCLUSÃO: a identificação do tempo de assistência de enfermagem contribuirá para a avaliação quantitativa dos recursos humanos, auxiliando na determinação da carga de trabalho e no dimensionamento de pessoal.

Custo total com pessoal para implementação de um sistema de apoio à decisão em enfermagem

Total staff costs to implement a decision support system in nursing

Valéria Castilho; Antônio Fernandes Costa Lima; Fernanda Maria Togeiro Fugulin; Heloisa Helena Ciqueto Peres; Raquel Rapone Gaidzinski

OBJETIVO: identificar os custos com mão de obra direta para a implementação de um sistema de apoio a decisão em enfermagem no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. MÉTODO: o desenvolvimento do sistema de apoio à decisão foi mapeado em quatro subprocessos: concepção, elaboração, construção e transição. Calculou-se a mão de obra direta utilizando-se a somatória do salário-base, por categoria profissional, mais os quinquênios, verbas de representação e encargos sociais, dividindo-os pelo número de horas contratuais, obtendo-se o salário-hora/profissional que foi multiplicado pelo tempo despendido em cada atividade dos subprocessos. RESULTADOS: o custo da mão de obra direta correspondeu a R$752.618,56 (100%), sendo R$26.000.00 (3,45%) procedentes de financiamento de órgão de fomento e R$726.618,56 (96,55%) de recursos do Hospital e da Universidade. CONCLUSÃO: do custo total com mão de obra direta, 72,1% referiu-se aos honorários dos profissionais de empresa de consultoria em informática e 27,9% destinou-se à mão de obra direta de profissionais do Hospital Universitário e da Escola de Enfermagem.

Avaliação do extrato da Zeyheria tuberculosa na perspectiva de um produto para cicatrização de feridas

Evaluation of the extract of Zeyheria tuberculosa with a view to products for wound healing

Patrícia de Albuquerque Sarmento; Terezinha da Rocha Ataíde; Ana Paula Fernandes Barbosa; João Xavier de Araújo-Júnior; Ingrid Martins Leite Lúcio; Maria Lysete de Assis Bastos

OBJETIVOS: avaliar as atividades antimicrobiana, citotóxica e cicatrizante do extrato etanólico do caule da Z. tuberculosa por via tópica e/ou ingestão oral. MÉTODO: ensaios antimicrobianos in vitro pelo método de difusão em disco, teste de toxicidade da Artemia salina e ensaios in vivo com ratos Wistar. Nesses foram coletados dados clínicos, histológicos e bioquímicos para avaliação do processo de cicatrização. RESULTADOS: ensaios antimicrobianos in vitro mostraram atividade frente à Streptococcus pyogenes, Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis, com halos de inibição de 18, 14 e 10mm, respectivamente. A melhor concentração inibitória mínima foi 62,5µg/mL para S. aureus, sendo essa bactéria escolhida para os ensaios in vivo. Animais tratados com as pomadas do extrato da Z. tuberculosa apresentaram melhores resultados na redução do diâmetro da ferida, dado confirmado pela presença de reepitelização nos cortes histológicos. CONCLUSÃO: o extrato mostrou-se promissor para a continuação de estudos que identifiquem os princípios ativos responsáveis pela atividade farmacológica e seu mecanismo de ação no processo de cicatrização de feridas, a fim de desenvolver um produto que possa ser utilizado de forma alternativa no reparo de feridas cutâneas infectadas.

Financiamento:CNPqSIBi

Contato

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP
Revista Latino-Americana de Enfermagem
Av. Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre
CEP: 14040-902 - Ribeirão Preto, SP, Brasil

Telefone: +55 (16) 3315-3451, +55 (16) 3315-4407
E-mail: rlae@eerp.usp.br